SPFW

Após acusação de racismo, SPFW chama Fióti para gravar vídeo sobre hipocrisia


Evandro Fióti, da Lab, e Paulo Borges, fundador da SPFW - Francisco Cepeda/AgNews



O rapper Evandro Fióti, que publicou em rede social um episódio de racismo que afirma ter sofrido na São Paulo Fashion Week, chegou por volta das 20h20 desta quinta-feira (31) no prédio da Bienal do Ibirapuera para gravar um vídeo sobre o ocorrido.

A pedido da Luminosidade, organizadora do evento de desfiles, ele entrou em uma sala com cinegrafistas e falou, segundo o "F5" apurou, sobre a hipocrisia que existe em todos os lugares.

O diretor do evento, Paulo Borges, estava presente na gravação e também falou sobre o episódio. Ele se reuniu com Fióti por quase 40 minutos e, na saída, não quis falar com a reportagem. O segurança envolvido na polêmica foi chamado.

Segundo a assessoria da São Paulo Fashion Week, o vídeo será publicado por volta das 22h30.

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem