Estilo

'Não vendo gordura, importante é se gostar', diz dançarina de Anitta fora dos padrões de beleza 

Aos 26 anos e pesando 140 kg, a bailarina Thais Carla é um dos destaques dos shows da cantora Anitta. Fazer parte do grupo de dançarinos que acompanha a cantora é a realização de um sonho para a jovem de Nova Iguaçu (região metropolitana do Rio de Janeiro), que quase desistiu da carreira por causa do preconceito.

"As pessoas sempre vão falar que você não pode. Enfrentar essa negação é o mais difícil. Eu comecei a dançar aos quatro anos, por influência da minha irmã, e fiz aula de balé e jazz a vida inteira. Mas, se dependesse de professores, não dançaria, porque nunca me incentivaram."

Thais se considera hoje um exemplo para outras meninas e mulheres que estão fora dos padrões de beleza e, muitas vezes, vivem infelizes por isso. Ela destaca, no entanto, que não quer fazer apologia de que a obesidade é algo legal. "Eu não vendo gordura. A minha mensagem é pela autoconfiança e pela importância de se gostar e de se aceitar como é. Não adianta a pessoa fazer mil plásticas se não ocorrer uma mudança interna, de se amar", ressalta.

Aos 26 anos, Thais Carla é destaque dançando nos shows da cantora Anitta
Aos 26 anos, Thais Carla é destaque dançando nos shows da cantora Anitta - Reprodução/Instagram

Além de bailarina, Thais é dona de uma escola de dança e estrela ensaios para marcas plus size. Ela já fez também fotos sensuais ao lado do marido e, recentemente, posou de biquíni para uma propaganda.

"Eu vou ser bem sincera: hoje, o mercado para as mulheres gordas está melhor, mas em termos. Muitas marcas, principalmente as populares, vendem até, no máximo, tamanho 54. Eu, por exemplo, que visto 58, tenho dificuldades de encontrar roupas. Só consigo em lojas especializadas e com custo maior. Ser gordo é caro."

No fim de 2015, Thais chegou a participar do "Além do Peso", um reality show da Record em que os participantes eram desafiados a emagrecer. "Eu precisava perder peso para realizar outro sonho, o de ser mãe", diz. O desejo se concretizou no ano passado, com a chegada da pequena Maria Carla.


A reportagem foi publicada na Revista da Hora, do jornal "Agora".

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem