Renato Kramer

'O Fábio Assunção é mais do que um ator, é um ícone', declara Fernanda Torres

O ator Fábio Assunção mal adentrara no palco do último "Domingão do Faustão" (14), e uma fã ardente lhe pediu que realizasse a sua boa ação do ano lhe dando um beijo técnico. "Pô, você quer me deixar mais nervoso do que eu já estou", retrucou Fábio levemente constrangido.

E, na sequência, o ator pediu socorro discretamente ao apresentador, antes de realizar uma saída estratégica: "Pois é... O que é que eu faço agora?", perguntou o ator para ganhar tempo. "Você faz o que você quiser", respondeu Faustão. "Ó, você vai ter um beijo técnico no seu coração", disse Assunção elegantemente para sair da saia justa.

O apresentador questiona sobre o tal beijo técnico, e Fábio explica que recentemente o seu personagem Arthur ("Totalmente Demais", Globo) treinou a sua pupila Eliza (Marina Ruy Barbosa) para poder fazer um ensaio em que deveria beijar um modelo.

Entre alguns depoimentos de colegas, o ator Reginaldo Faria, que fez o pai de Fábio em "Vamp" (Globo - 1991), declarou com emoção: "Ele soube com humildade chegar até a grandeza. Se eu tivesse outro filho –tenho três filhos maravilhosos– gostaria que fosse o Fábio. Essa é a beleza da coisa".

"A gente tem uma profissão tão linda, porque a gente pode trocar com pessoas tão especiais, e Reginaldo é uma delas. Adoro você, é a terceira vez que você faz meu pai (Maurice, em "Totalmente Demais"), e é muito emocionante estar com você nessa novela. Nossa, eu estou emocionado", confessou Assunção.

Deborah Evelyn elogiou muito o ator, relembrando quando trabalharam juntos na novela "Celebridade" (Globo - 2003/2004): "Ele joga com o coração. Ele está inteiro ali: cabeça, alma, corpo, coração. E isso é muito bom de ver e muito bom de contracenar". "Que lindo o que ela falou, lindo", comentou Fábio respirando fundo.

A autora Maria Adelaide Amaral também deu o seu depoimento, afirmando que, dentre os belos trabalhos de Fábio Assunção, considera o seu melhor momento o personagem Herivelto Martins, da minissérie de sua autoria "Dalva e Herivelto - Uma Canção de Amor" (Globo - 2010).

"Ele fez esse trabalho à perfeição. Foi primorosa a sua interpretação. Ele conseguiu dar uma dimensão de humanidade a um indivíduo que era bastante cruel com a cantora Dalva de Oliveira (Adriana Esteves), mulher dele", declarou Amaral. E concluiu: "Eu sou fã ardorosa de tudo o que o Fábio faz. Eu acho ele um dos grandes atores da televisão e do teatro brasileiros".

"O Fábio é mais do que um ator. O Fábio é um ícone", declarou a atriz Fernanda Torres, que trabalhou com o ator no seriado "Tapas & Beijos" (Globo - 2011/2015). "Como não amar 'Tapas & Beijos' com a Nanda, a Andréa e aquele elenco maravilhoso? A gente se divertia muito nas gravações", comenta o ator.

Para encerrar, a sua atual colega em "Totalmente Demais", a atriz Juliana Paes aparece para declarar: "O Fábio é uma criança. No sentido de que ele está sempre tão fresco e tão entusiasmado. Eu aprendo com ele. Ele tão excitado com as cenas que estão por vir que me liga, me manda mensagens. Eu acho que você vai ser um irmão para toda a vida. Eu te amo, brother", conclui a bela Maya de "Caminho das Índias", atualmente no "Vale A Pena Ver de Novo" (Globo).

"Você está com alguém?", pergunta Faustão antes de se despedir. "Eu estou feliz, estou bem", desconversa Fábio Assunção, comemorando os seus 25 anos de carreira.

<> Galeria
Fábio Assunção
Fábio Assunção
Veja imagens do ator Fábio Assunção

Renato Kramer

Natural de Porto Alegre, Renato Kramer formou-se em Estudos Sociais pela PUC/RS. Começou a fazer teatro ainda no sul. Em São Paulo, formou-se como ator na Escola de Arte Dramática (USP). Escreveu, dirigiu e atuou em diversos espetáculos teatrais. Já assinou a coluna "Antena", na "Contigo!", e fez críticas teatrais para o "Jornal da Tarde" e para a rádio Eldorado AM. Na Folha, colaborou com a "Ilustrada" antes de se tornar colunista do site "F5"

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias