Renato Kramer

Angélica descobre que é parente de Galvão Bueno e de Frei Galvão

No seu programa "Estrelas" (Globo) do último sábado (26), a apresentadora Angélica foi pega de surpresa: ao invés de entrevistar Glória Maria, a jornalista é que tinha algo para lhe mostrar: a sua árvore genealógica!

A jornalista colocou a apresentadora num quadro do seu próprio programa chamado "Origem das Estrelas". "Você imagina algum parentesco entre você e um santo?", perguntou Glória Maria de repente. Angélica ficou 5 segundos calada.

"Você não imagina! Você é uma mistura de tanta coisa! Esse cabelo louro, esse olho verde, você acha que é 'made in Brazil'? Não!", brinca Glória. E destrinchou uma penca das mil e uma origens de Angélica: polonesa, austríaca, russa, italiana, portuguesa, croata, lituana, romena, moldava e ucraniana.

A jornalista informa que, segundo as suas pesquisas, os ancestrais de Angélica vieram de Nápole (Itália) e foram direto para Juiz de Fora (Minas Gerais). "Toda vez que a gente fazia a pesquisa sobre a origem de alguém eu ficava quase invejando, porque a gente sempre quer saber. Você não ficou muito curiosa sobre você fazendo pra mim?", questionou Angélica.

<> Galeria de Imagens
8814
Matéria importada do Spiffy News

"Não, eu tô pensando até em fazer a minha!", respondeu Glória Maria sem titubear. "Claro! A gente quer saber de onde vem, mas não só a cor do cabelo, mas o jeito, tudo!", anima-se Angélica.

"A gente acionou quase que a rede Globo inteira e as afiliadas pra poder chegar nas suas origens", confidenciou a jornalista. "Dei trabalho, Glória?", perguntou a apresentadora. "Muito", retrucou a jornalista sem fazer média.

"Você tem origem croata por parte da dona Angelina (mãe)", informou Glória Maria. "E a minha mãe sempre falou: eu sou mineira, eu sou mineira! Mãe, a senhora é croata!", disse Angélica direto para a câmera. "Ela é super mineira, tô brincando", arremata.

E é então que volta à baila a questão do eventual parentesco com um santo. "Eu ia adorar, mas não", diz Angélica. "Você é parente do Frei Galvão (o atual São Galvão, o primeiro santo brasileiro). O Frei Galvão simplesmente é irmão da sua sexta avó!", conta Glória.

"Gente, eu nunca nem imaginei ter um santo na minha árvore genealógica!", diz Angélica entre surpresa e comovida. "Você devia ter imaginado, porque você é uma pessoa que tem tanta proteção e você sabe disso... Eu até me arrepio! Então você deve pensar que as coisa grandiosas que acontecem na sua vida tem uma razão de ser", afirma a jornalista.

"E eu sou muito religiosa!", confirma Angélica ainda passada com a notícia. "Gente, eu tô muito chocada, porque eu sou muito religiosa!". "Eu também, porque como eu conheço um pouco da tua história, dá pra começar a entender porque você é tão protegida, tão iluminada!", conclui Glória Maria.

"Agora a gente vai de um santo para um não tão santo", avisa a jornalista. E aparece o locutor Galvão Bueno no vídeo dando um recado para a apresentadora: "Nós somos primos, Angélica! Somos primos em 13º grau! Eu fiquei muito feliz com isso!".

Até uma moça polonesa apareceu para ensinar a apresentadora a pronunciar o seu nome certo: Ksyvickis. "Ai, eu passei 42 anos falando errado, agora vai ser difícil! Meu mundo caiu, gente", brincou Angélica. Mas a loura tem sangue indígena também: piquerobi. "Era o meu sonho!".

"De tudo isso, o que você achou mais forte?", quis saber Glória Maria."A grande surpresa foi ter um santo na minha árvore genealógica", confessou Angélica. Para encerrar, a apresentadora recebe os pais, uma prima e a irmã, junto com o marido Luciano Huck, que não deixa passar em branco: "A gente descobriu porque minha sogra fala tanto. Porque você é prima do Galvão Bueno!".

Renato Kramer

Natural de Porto Alegre, Renato Kramer formou-se em Estudos Sociais pela PUC/RS. Começou a fazer teatro ainda no sul. Em São Paulo, formou-se como ator na Escola de Arte Dramática (USP). Escreveu, dirigiu e atuou em diversos espetáculos teatrais. Já assinou a coluna "Antena", na "Contigo!", e fez críticas teatrais para o "Jornal da Tarde" e para a rádio Eldorado AM. Na Folha, colaborou com a "Ilustrada" antes de se tornar colunista do site "F5"

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias