Publicidade

Até marido morto homenageia Fernanda Montenegro no "Domingão do Faustão"

30/12/2013 - 09h01

Publicidade

"Finalmente eu estou no palco com o Roberto!", comentou a atriz Fernanda Montenegro ao receber o troféu Mário Lago 2013 das mãos do cantor Roberto Carlos no "Domingão do Faustão" (Globo) de domingo (29).

Emocionada com tantas homenagens recebidas ao longo do programa, Fernanda cantou junto com Roberto trechos da música "Emoções" e encerrou adaptando levemente a letra: "O importante é que emoções nós vivemos".

Andreia Horta será amante de Paulinho Vilhena no seriado "A Teia"
Dona dos formatos "BBB" e "The Voice", Endemol pretende investir em teledramaturgia
Netflix terá classificação indicativa de todos os seus títulos a partir de março

O "rei" foi literalmente a coroação final de toda uma retrospectiva profissional e pessoal da vida da grande atriz.

E no desfile de personalidades que reverenciaram Fernanda, uma grande comissão de frente, como a chamou Fausto Silva, quatro detentores do troféu Mário Lago: Lima Duarte, Glória Menezes, Glória Pires e Tony Ramos. E cada um tinha uma história carinhosa que vivera com a atriz para contar.

Glória Pires foi às lágrimas ao lembrar que Fernanda a levou para visitar o Oráculo de Delfos, quando gravavam "Belíssima" em Atenas. "Pra gente que faz essa profissão [teatro], pisar na Grécia é algo muito, muito especial... é de lá que a gente vem!", observou Fernanda.

E a grande atriz demonstra a sua magnanimidade ao querer compartilhar todas as homenagens que estava recebendo com os colegas "decanos".

"Essa casa [Globo] tem uns 700, 800 atores contratados, é isso?! É uma coisa extraordinária e talvez única no mundo. Eu gostaria de me colocar entre os decanos da casa, peço licença aos que ainda não chegaram aos 80. Então eu quero lembrar: Natália Thimberg, Laura Cardoso, Lima Duarte, Francisco Cuoco, Tarcísio Meira, Glória Menezes e tantos outros... Veja bem, de 80 para 90 anos! Não é muito comum isso em outras profissões desse país ou de qualquer país. Por isso eu estou feliz de dividir esse momento com os decanos atores desta casa, sem esquecer a qualidade extraordinária dos bebês de 70 para baixo", concluiu a mestra.

Três grandes autores de novelas da emissora deram os seus depoimentos elogiosos à homenageada da noite: Silvio de Abreu, que se considera um privilegiado por tê-la em tantas novelas suas; Gilberto Braga, que a considera muito fácil de trabalhar e inteligentíssima e Benedito Ruy Barbosa, que afirma: "Fernanda é inigualável!".

Ela então lhes agradece e recebe a visita de diversos colegas de tantos trabalhos: Edson Celulari e Marcello Anthony ("Que homens deslumbrantes! A verdade tem que ser dita!", comentou Fernanda ao vê-los); a sempre bela Maitê Proença ("Olhem que mulher mais linda!", exclamou Fernanda); Andréa Beltrão ("Ela é quase minha filha!") e Mariana Ximenes. Todos aprenderam algo importante e inesquecível com a mestra Montenegro.

Foi então que entrou Natália Thimberg. "Estar aqui com Natália é voltar às priscas eras da nossa juventude e dizer que resistimos bem, Natália, sobrevivemos bem", comentou Fernanda. A amiga lhe lembrou de um antigo diretor, Alberto Daversa, que segundo Natália, resumia o que ela também acha de Fernanda: "Essa mulher transmite a alma desse país!".

Ainda vieram lhe dar um abraço espacial Aracy Balabanian, Renata Sorrah, Natália do Valle, e a belíssima Vera Fischer –em alto astral. Os casais Alexandre Borges e Júlia Lemmertz e Mauro Mendonça e Rosamaria Murtinho também marcaram presença com muita história para contar. "Contracenar com você sempre foi uma glória!", confidenciou Rosamaria.

Num momento mais pessoal, Fernanda se emocionou ao ouvir o depoimento de sua irmã Aída e lembrar da morte de sua irmã caçula Áurea. Com muita discrição, Montenegro derramou algumas lágrimas. Na sequência o depoimento dos filhos, Fernanda e Cláudio Torres –que ela fez questão de lembrar que também ganhara um Emmy no ano passado com a direção do seriado "A Mulher Invisível".

Colegas que não puderam estar presentes, enviaram carinhosos depoimentos também: Eva Todor, Otávio Augusto, Jacqueline Laurence, Francisco Cuoco e Manoel Carlos, que afirmou: "Você está definitivamente nas minhas orações".

Em seguida um depoimento especial do falecido marido Fernando Torres. Extremamente emocionado, o saudoso ator chora convulsivamente em meio às falas e destaca bem a frase: "Você é pra mim o ar que eu respiro!". Ele chora muito. Ela também.

E, para encerrar com chave de ouro, Faustão chama Roberto Carlos para entregar à Fernanda o troféu Mário Lago 2013. "Eu tenho a honra, o prazer, o privilégio de entregar o troféu Mário Lago a você, Fernanda Montenegro. E dizer que eu aqui represento o Brasil inteiro querendo fazer isso. Porque esse país todo é seu fã", falou o "rei".

"Muito obrigada", agradeceu Fernanda comovida. "Gentilíssimo da sua parte me entregar esse prêmio. Obrigada por esse momento. Muito obrigada! É uma surpresa. É melhor que o Emmy!", concluiu Fernanda Montenegro.

Renato Kramer

Natural de Porto Alegre, Renato Kramer formou-se em Estudos Sociais pela PUC/RS. Começou a fazer teatro ainda no sul. Veio para São Paulo e ingressou na Escola de Arte Dramática (USP), formando-se ator. Escreveu, dirigiu e atuou em diversos espetáculos teatrais. Fez algumas colaborações para a Ilustrada e, sempre a convite, assinou a coluna Antena, da "Contigo". Nesse meio tempo, fez crítica de teatro para o "Jornal da Tarde" e na rádio Eldorado AM. Mais recentemente foi colunista da Folha.com, comentando o BBB11. Atualmente, além de atuar, cursa Filosofia.

  • Últimas notícias 
  •  

gostou? leia também

  •  

Publicidade

resumo das novelas

Siga agora o F5 no Twitter

Livraria da Folha