Publicidade
  • Adrilles
    • Adrilles
    • eliminado
  • Aline
    • Aline
    • eliminado
  • Amanda
    • Amanda
    • eliminado
  • Angélica
    • Angélica
    • eliminado
  • Cézar
    • Cézar
    • participante
  • Douglas
    • Douglas
    • eliminado
  • Fernando
    • Fernando
    • eliminado
  • Francieli
    • Francieli
    • eliminado
  • Julia
    • Julia
    • eliminado
  • Luan
    • Luan
    • eliminado
  • Marco
    • Marco
    • eliminado
  • Mariza
    • Mariza
    • eliminado
  • Rafael
    • Rafael
    • eliminado
  • Talita
    • Talita
    • eliminado
  • Tamires
    • Tamires
    • eliminado

'BBB15' - Tamires não teve o apoio psicológico que precisava e ainda foi limada do site

11/03/2015 - 15h38

Publicidade

O "Big Brother" é um jogo de ilusões, e todos os anos milhares de almas quase inocentes tentam vender suas almas a ele iludidas de que suas vidas vão se transformar positivamente por R$ 1,5 milhão, ou quem sabe fama e um príncipe encantado.

Enquanto o milhão não vem e a fama não pode ser aproveitada, o negócio é divertir-se. Talita e Rafael não esperaram 48 horas, Aline e Amanda escolheram duelar por Fernando, e ao invés de príncipes restaram a Tamires dois sujeitos estranhos, quase sapos, Cézar e Adrilles.

Nem o assédio pueril de Cézar, nem os poemas complexos de Adrilles encantaram Tamires. Tampouco a possibilidade de ficar rica e famosa. O rosto expressivo gerador de memes na internet deu lugar à tristeza, baixa autoestima e à desesperança. Após a segunda semana de confinamento, Tamires revelou uma intensa frustração, entregou-se ao choro compulsivo e passou a engordar. Faltava uma peça para a compreensão deste processo.

Tamires desejava secretamente Rafael, namorado de sua amiga Talita, e escondeu isso bem no fundo de seu inconsciente. Para reprimir seu desejo sexual passou a comer excessivamente e chorar em reações desproporcionais. Quando Talita foi eliminada, Tamires passou então a se sentir no direito de se permite investir em Rafael, mas faltava coragem. O álcool resolveu a equação.

Na festa da última sexta-feira (7), Tamires fez de tudo para chamar a atenção do seu objeto de desejo. Sem freios por conta da intoxicação alcoólica, seu inconsciente veio à tona. Num óbvio ritual de sedução, dançou frenética e sensualmente, foi o destaque da noite, insinuou-se para praticamente todos os outros homens na frente de Rafael para chamar sua atenção. Percebendo que o caminho estava finalmente aberto ele a convidou para o quarto laranja. Não houve beijo tórrido, mas o público entendeu a linguagem dos corpos, dos olhares, dos toques contidos, do tesão reprimido.

No crime do desejo não há culpados, apenas vítimas. Mas se desejo foi mútuo por que apenas Tamires o admitiu? Rafael isentou-se da responsabilidade, e o fato tornou-se caro demais para que ela o pagasse sozinha. "Se ela não tivesse ido ao quarto não teria acontecido nada" disse ele covardemente no dia seguinte, em mais uma de suas declarações machistas e dissimuladas. Esqueceu-se que segurou o rosto de Tamires para tentar beijá-la.

Sem conhecer um paredão, Tamires não imaginava o que a audiência achava dela. Tal insegurança, aliada à consciência de que seria julgada, e às atitudes de Rafael que a fizeram sentir-se ainda mais vergonha do que sentia do seu desejo secreto, culminaram em sua desistência.

O erro de Tamires foi escolher alguém incapaz de protegê-la, de dividir a autoria de um ato concebido a dois. Sua falha foi esperar responsabilidade de um sujeito egocêntrico, cujo histórico no "BBB15" é dos piores. Narcisista, expôs várias vezes a própria namorada Talita como objeto descartável para sexo desprotegido, e não poupou o público de declarações preconceituosas de toda ordem.

PSICÓLOGOS IMAGINÁRIOS

Pouco antes de ser sair, Tamires pediu um psicólogo no confessionário. Antes de começar o "BBB", ainda no hotel, os participantes são avisados que têm direito a apoio psicológico, mas isso é lenda. Quem entra em cena são os próprios diretores do programa dando aconselhamento, e mais tarde usam as imagens do "relato psicológico" (conversas cujo teor deveria ser preservado por ética de sigilo profissional) na edições. Tamires pediu um psicólogo no confessionário e seus relatos foram parar na televisão.

Ainda antes de desistir, ela foi assediada moralmente, xingada de fraca e coisas piores, certamente humilhada de várias formas para que se acovardasse e não deixasse a casa. "Se eu não sair daqui hoje, vou na cozinha pegar uma faca e me matar" disse ao vivo numa clara demonstração de desespero por se sentir acuada. Lutar contra tudo e enfrentar a direção do programa foi o maior sinal de força de Tamires no reality, talvez o único.

O PREJUÍZO DA DESISTÊNCIA

Não há derrota pior para a produção do programa que a desistência de um participante já que isso pode significar prejuízo financeiro caso não consigam um substituto que garanta audiência sem contaminar o jogo com informações externas.

Como retaliação, retiraram o nome de Tamires do site do programa, seus vídeos exclusivos, sua página, proibiram os outros restantes de mencionarem o nome dela, e se pudessem fariam o público apagar da memória uma das protagonistas dessa edição. "Saiu, morreu para gente, sumiu e não quero ouvir ninguém falando dessa pessoa. Ela morreu para gente e para vocês também" disse Boninho num áudio premeditadamente "vazado" ao público.

Essa política está no contrato com a Endemol, dona do formato. Se alguém desiste, perde automaticamente os direitos de associar seu nome ao do programa, e nem ex-BBB é considerado. Uma punição para servir de exemplo à geração presente e às futuras: voltar para casa sem nada, nem as migalhas da fama instantânea.

Tamires foi perdoada por boa parte do público quando assumiu seu desejo, que se transformou num erro de um R$ 1,5 milhão. Ao preferir ser esquecida a ser humilhada, revelou domínio de si e não só se livrou do julgamento moral da audiência como também da pecha de ser considerada "ex-BBB" pela emissora, realmente uma cartada de mestre.

Marcelo Arantes

Marcelo Arantes é médico psiquiatra e psicoterapeuta, atende adultos e crianças em São Paulo e interage com os leitores por meio do site "www.marceloarantes.com"

  • Últimas notícias 
  •  

Publicidade

Publicidade

gostou? leia também

  •  

Publicidade

Siga agora o F5 no Twitter

Livraria da Folha