Celebridades

Fernanda Gentil conta como foi assumir homossexualidade para os pais

Fernanda Gentil, 30, que namora a jornalista Priscila Montandon, falou sobre como foi assumir sua homossexualidade para o pai e a mãe.

"A gente tem uma relação muito próxima. Esse processo todo foi muito junto. Eu e eles, olho no olho", disse, nesta terça (19), durante o programa "Papo de Almoço", que ela apresenta uma vez por semana na Rádio Globo. 

Segundo a artista, seu relacionamento com os pais sempre foi "muito aberto". "Falamos sobre tudo, de virgindade, de drogas. Sempre trabalhamos muito isso em casa. O diálogo sempre foi muito presente."

Durante a atração, que recebia as convidadas Poliana Abritta, apresentadora do "Fantástico", da Globo, e a atriz Maria Ribeiro, Gentil afirmou que "deu tempo aos pais". As três conversavam sobre a liminar que permite tratar homossexualidade como doença, concedida pela Justiça Federal do Distrito Federal na última sexta (15).

"[Falei] Vocês sempre disseram da igualdade, que o preto não é menor, que o pobre não é menor, que o gay não é menor, agora está acontecendo em casa, agora a gente tem que praticar isso. E vai me decepcionar muito se vocês forem para outro caminho. Vou ter quase que morrer e nascer de novo para poder viver assim porque tudo o que aprendi em 30 anos de vida, agora é que a gente tem que exercer. Essa foi uma das últimas conversas. Ai eu falei: 'vão para casa, pensem. Vocês têm o tempo de vocês."

Gentil foi casada com o empresário Matheus Braga. Os dois, que anunciaram a separação em abril de 2016, são pais de Gabriel, 2. Entre idas e vindas no relacionamento, foram 15 anos. O fim da união foi explicado por ela pelo fato de que já não eram mais felizes juntos.

Em setembro de 2016, cinco meses após o divórcio, Gentil assumiu o namoro com Montandon. 

Ao "Caldeirão na Idade da Tela", atração on-line da emissora carioca apresentada por Luciano Huck, 45, Gentil falou sobre como lida com as críticas em redes sociais —no começo do ano, foi chamada de "sapatão" por um internauta no Twitter.

"Temos que ter um filtro natural. Se você deixar tudo te abalar, não dá um passo a frente, não sai de casa", disse ao colega de emissora.

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem