Você viu?

Concurso elege melhores fotos de drone de 2021; veja algumas imagens

Imagem de gansos voando leva o 1º prêmio; concurso incluía 9 categorias

Gansos-de-pés-rosa enfrentando o inverno Terje Kolaas/droneawards

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A imagem de milhares de gansos de pés-rosa voando sobre o solo coberto de neve, do fotógrafo norueguês Terje Kolaas, venceu como foto do ano do Drone Awards 2021, concurso internacional de fotografia aérea. Além dela, outras imagens foram premiadas em oito categorias.

A foto do flagrante de uma tartaruga verde voltando para a água após colocar seus ovos em seu ninho na costa de Omã, entre Ras Al Jinz e a reserva de tartarugas Rasha, foi a premiada na categoria Animais Selvagens. A foto foi feita por Qasim Al Farsi.

Na categoria Urbano, a vencedora foi a imagem de um mosteiro de 500 anos em Moscou, com uma grande usina elétrica ao fundo, feita pelo fotógrafo Sergie Poletaev.

Já a foto de esporte que ficou em primeiro lugar foi a de um surfista pegando onda, onde se vê um arco-íris formado bem no meio, registrada por Phil De Glanville. Na imagem, o surfista Ollie Henry escapa de uma onda monstruosa na costa do sudoeste da Austrália Ocidental.

Um pescador começando seu dia no manguezal da lagoa de Tam Giang, na província de Hue, no Vietnã, foi a imagem vencedora na categoria Pessoas. O fotógrafo Trung Pham Huy registrou que manguezais perdendo todas as suas folhas e ficando brancos durante o inverno.

Já na categoria Natureza, a foto escolhida foi o momento de erupção de um vulcão, com uma vista rara do interior. A imagem foi capturada na Islândia por Martin Sanchez.

Os fotógrafos vencedores serão premiados em cerimônia, em Siena, na Itália, em outubro. As imagens que concorreram e as mais bem avaliadas em cada categoria podem ser vistas no site da premiação.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem