Você viu?

Taiwaneses mudam nome para 'salmão' por promoção de restaurante

Autoridades locais dizem que, além de perda de tempo, alteração gera 'papelada desnecessária'

Pessoas mudam nome em Taiwan por promoção em restaurante japonês - Folhapress
São Paulo

Autoridades de Taiwan pedem que cidadão locais parem de mudar os próprios nomes para "salmão". O apelo aconteceu após dezenas de pessoas alterarem os nomes para aproveitar a promoção de uma rede de restaurantes de sushi, que dizia que qualquer cliente cujo cartão de identificação contivesse “gui yu” — os caracteres chineses para salmão — teria direito a uma refeição de sushi à vontade na companhia de até cinco amigos.

De acordo com o The Guardian, em um fenômeno rotulado de “caos do salmão” pela imprensa local, cerca de 150 pessoas, em sua maioria jovens, visitaram escritórios do governo nos últimos dias para mudar oficialmente de nome. Muitos dos que se animaram com a oferta, aproveitaram que Taiwan permite que as pessoas mudem seu nome oficialmente por até três vezes.

"Acabei de mudar meu nome esta manhã para adicionar os símbolos ‘Bao Cheng Gui Yu ’e já comemos mais de Tw $ 7.000 (correspondente a R$ 1.344)" , disse um estudante universitário de sobrenome Ma ao canal de notícias TVBS, no sul da cidade de Kaohsiung, ao falar do valor gasto na moeda local, o novo dólar taiwanês. Traduzido aproximadamente, o novo nome de Ma significa: "salmão explosivo de boa aparência".

"Mudei meu primeiro nome para salmão e duas de minhas amigas também fizeram isso", disse uma mulher de sobrenome Tung à SET TV. "Vamos apenas mudar nossos nomes de volta depois", salientou. Outros nomes com o tema salmão relatados na mídia local incluem, em tradução livre, "Príncipe Salmão", "Meteoro Rei Salmão" e "Arroz Frito de Salmão". O United Daily News informou que um morador decidiu adicionar um recorde de 36 novos personagens ao seu nome, a maioria deles com temática de frutos do mar, incluindo “caranguejo” e “lagosta”.

Quem não gostou nem um pouco da brincadeira foram as autoridades de Taiwan. “Esse tipo de mudança de nome não apenas desperdiça tempo, mas gera papelada desnecessária”, disse o vice-ministro do Interior, Chen Tsung-yen, nesta quinta-feira (18), enquanto tentava conscientizar as pessoas sobre a importância de “valorizar os recursos administrativos”. “Espero que todos possam ser mais racionais sobre isso”, acrescentou.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem