Você viu?

Campanha publicitária inspirada em Pink Floyd é confundida com bandeira LGBT

Polenguinho inspirou a nova imagem da campanha no álbum "The Dark Side of The Moon" do Pink Floyd
Polenguinho inspirou a nova imagem da campanha no álbum "The Dark Side of The Moon" do Pink Floyd - Reprodução


A marca de queijos Polenguinho fez uma campanha publicitária inspirada em bandas. Uma das imagens brincou com a banda Pink Floyd, fazendo referência ao álbum "The Dark Side of The Moon" e ao famoso símbolo do prisma, que reflete um arco-íris.

A imagem foi compartilhada no Facebook da marca, nesta segunda (16) com a legenda "Dark Side da Fominha: você não vai parar de ouvir até comer um Polenguinho".

Alguns seguidores, no entanto, não entenderam a referência e passaram a criticar a associação das cores da bandeira LGBT ao produto. Os comentários iam desde trechos bíblicos à insultos homofóbicos, passando pela ideia de boicote da marca.

"Essa clara apologia de gênero dessa empresa que não entrará mais na minha casa", "Está fazendo apologia a ideologia de gênero e as drogas!", "Quiseram fazer, sim alusão aos LGBT, mas ficaram entre a cruz e a espada com medo dos conservadores", são alguns comentários que podem ser lidos na publicação.

Na mesma postagem, a marca optou por se posicionar. Em um comentário fixado antes das demais mensagens, é possível ler a explicação: "Nossa equipe criativa teve como inspiração a capa do álbum "The Dark Side of The Moon", da banda Pink Floyd, para 'brincar' com o conceito de fominha".

"Prezamos pela paz, pelo respeito e pela igualdade em nossa comunidade aqui. Embora não tenhamos feito alusão ao movimento LGBT+, temos o máximo respeito pela causa", acrescentaram. 


Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem
[an error occurred while processing this directive]