Viva Bem

Como escolher a cortina ideal para deixar a casa mais aconchegante

Peça é indicada para proteger da luz e garantir a privacidade

Misturar tecidos e modelos de cortinas é tendência
Misturar tecidos e modelos de cortinas é tendência - Spaço Interior/Divulgação

Descrição de chapéu Agora
Karina Matias
São Paulo

Quando vale a pena investir em cortinas? Arquitetos e decoradores explicam que o item tem finalidades práticas e também estéticas. Em geral, elas são indicadas para salas e quartos que recebem grande incidência de luz solar, a fim de garantir a privacidade, e também usadas como elemento de decoração.

“As cortinas vestem o ambiente e podem proporcionar, com outros tecidos e revestimentos, um espaço aconchegante e acolhedor na casa”, afirma a arquiteta Bárbara Kahhale.

Na hora de escolher o modelo mais adequado, os profissionais destacam que o importante é levar em conta o gosto pessoal do dono da casa e a função que a cortina vai exercer no espaço. Se é uma sala, por exemplo, em que as pessoas assistem à televisão e, portanto, não pode ter entrada de muita luz, o indicado é usar cortinas do tipo blecaute ou com forro.

Para os mais ousados, cores fortes e vibrantes podem ser uma opção, mas desde que usadas em equilíbrio com o resto do ambiente. “No quarto, por ser um local de descanso, o melhor é evitar e preferir tons mais claros”, indica Ana Paula Guerreiro, designer de interiores.

Para a limpeza, as mais fáceis são as persianas. O indicado é usar pano úmido, escova ou aspirador. Já as de tecido devem ser lavadas a cada seis meses ou um ano, de preferência em lavanderias especializadas, para não estragar.

Agora
Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem