BBB21
Descrição de chapéu Folhajus

Nego Di afirma ter sido notificado judicialmente pela Globo por quebra de contrato

Ex-BBB diz que não teve mesmo espaço para se defender dado para Karol Conká

Nego Di - Fabio Rocha/Globo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O ex-BBB Nego Di disse que recebeu nesta semana uma notificação judicial da Globo por quebra de contrato de exclusividade. O humorista afirmou que, por considerar que não teve espaço para se defender na emissora, começou a falar com outros veículos de comunicação, como o Pânico, na Jovem Pan.

O valor da multa, segundo ele, é de R$ 1,5 milhão, mesmo valor do prêmio para o vencedor do BBB 21. Ao programa Bate Boca Brasil, do jornal Metrópoles, na madrugada desta quarta (17), Nego Di disse que já esperava ser acionado judicialmente.

"A minha diferença para Globo é que eu não tenho R$ 1,5 milhão. Vou contra-atacar, tenho argumentos e tenho como me defender. Estou muito a fim desse processo, porque eu não tenho muito o que me tirarem, mas se eu ganhar, vai ser estouro. Os caras poderiam ter sido humanos comigo. Acharam que eu não fosse falar”, afirmou.

Nego Di foi eliminado do BBB 21 com 98,76% de rejeição, índice só superado posteriormente por Karol Conká, que teve 99,17% dos votos. Ele afirma, porém, que não teve o mesmo espaço da rapper para se defender, e que vem sofrendo com as ameaças de haters.

"Nas primeiras entrevistas, eu estava pedindo autorização [da Globo], mas quando a Karol saiu, tinha um esforço da empresa para limpar a barra dela. E o jogo dela foi muito mais pesado que o meu", afirmou. Após ser eliminada, a rapper participou do Domingão do Faustão e do Fantástico.

"A minha carreira também é importante, a minha sanidade mental também é importante, mas eu não tive nenhum tipo de estrutura", disse. Nego Di afirmou que já está com advogado para se defender no processo judicial.

"Não tem cláusula que permita que os caras façam uma novela da nossa vida e nos deixem desamparados. É tudo por nossa conta. A psicóloga do confessionário não existe, é uma pessoa da produção deles [...] É só uma voz", disse.

Procurada pelo F5, a Globo afirmou que o programa conta, sim, com uma psicóloga. Sobre o processo judicial, a emissora não se manifestou até a conclusão deste texto.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem