BBB21

BBB 21: Karol Conká pede perdão ao Brasil: 'Eu me perdi dentro de mim'

Rapper sai com 99,17% dos votos, maior rejeição da história do reality

Karol Conká conversa com Tiago Leifert após eliminação no BBB 21
Karol Conká conversa com Tiago Leifert após eliminação no BBB 21 - Globo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Karol Conká entrou para a história do Big Brother Brasil ao ser eliminada com 99,17% dos votos –a maior rejeição de um participante no programa de confinamento da Globo. A saída da rapper já era esperada pelo público, que comemorou nas redes sociais ao ouvir o nome da artista sendo dito por Tiago Leifert.

Um detalhe que chamou a atenção do público foi o intervalo chamado por Leifert após anunciar a eliminação da participante. Normalmente, o eliminado vai direto para conversar com o apresentador. Na rápida conversa com Leifert, Karol Conká pediu desculpas ao Brasil pelo seu comportamento na casa.

"Karol, eu sempre pergunto o que a pessoa acha que aconteceu. Mas você sabe o que aconteceu?", perguntou Leifert. "Eu me perdi dentro de mim", respondeu a cantora. "Eu percebi que eu tenho um grande problema com animosidade. Eu já sabia, mas eu não sabia que era tão forte assim. Tanto que eu falei que se eu saísse eu iria direto para a terapia para consertar isso."

Na sequência, emendou: "Perdão, Brasil, perdão todo mundo que se sentiu atingido por esse meu erro e por essa minha falha de personalidade. Preciso arrumar isso", concluiu a rapper, que deixou Arthur e Gilberto ainda no jogo. Aliás, o doutorando em economia bateu recorde ao ser o menos votado em toda a história do programa com 0,29% dos votos. O instrutor de crossfit teve 0,54%.

Tiago Leifert disse para Karol Conká que um dos motivos de sua saída do BBB 21 foi a forma como ela tratou o ator Lucas Penteado. Ele, inclusive, citou o episódio em que Penteado estava sentado na mesa de jantar e a cantora chegou e o expulsou do local.

Antes de sair da casa, Conká disse aos demais participantes que "o que acontece aqui fica aqui. O que acontece lá fora é um outro rolê". A rapper recebeu o carinho dos demais, principalmente de Pocah, Projota e Lumena, que se emocionaram muito. "Vou ficar com saudades", disse Conká a Projota.

REJEIÇÃO RECORDE

Karol Conká, 35, foi a eliminada do Big Brother Brasil 21 (Globo), nesta terça-feira (23), com 99,17% dos votos. Ela superou o colega de confinamento Nego Di, 26, que já tinha alcançado recorde histórico do programa na semana passada, com 98,76%. O título agora fica para a cantora, que deixa a disputa pelo prêmio de R$ 1,5 milhão.

Karol disputava a preferência do público com Gilberto Nogueira, 29, e Arthur Picoli, 26, que tiveram 0,29% e 0,54%, respectivamente. Pesaram contra a rapper as várias polêmicas em que se envolveu no programa, que vão de alegações de assédio a tortura psicológica e lhe garantiram o título de vilã do reality e campanhas para sua saída.

Com postura de líder, Karol começou a mostrar suas garras logo no início do BBB com comentários depreciativos em relação ao sotaque da advogada e maquiadora Juliette Freire, 31, que é da Paraíba, o que revoltou internautas, inclusive famosos. A rapper disse ainda que tem educação por ser de Curitiba e Juliette não teria.

A polêmica mais importante, no entanto, em que Karol se envolveu foi com o ator Lucas Penteado, 24. A rapper e outros participantes atacaram Lucas com palavras fortes e o isolaram do convívio da casa, o que levantou muitas discussões fora do programa sobre saúde mental e uma suposta tortura psicológica ao ator.

Um dos momentos mais marcantes foi quando Karol expulsou Lucas da mesa na hora do almoço. “Quero comer na paz do senhor, entendeu? Não quero que você fale enquanto estou comendo. Me respeita”, disparou ela. Lucas, então, saiu e falou que esperaria ela comer para retornar. Ela ainda o remedou e recusou suas desculpas.

Até mesmo o romance que a rapper engatou com o modelo e educador físico Arcrebiano, 29, o Bil Araújo, acabou gerando polêmica, com as insistentes investidas da cantora sendo interpretadas como assédio. Isso porque ela apalpou o corpo dele e, por diversas vezes, tentou roubar um beijo, enquanto ele desviava e pedia calma.

O “affair” dos dois não durou muito e acabou de forma explosiva, com mais confusão. Karol acabou elegendo Bil como alvo da casa após se ele distanciar dela e chegou a atacar aos gritos a atriz Carla Diaz, 30, por ciúme. Mesmo admitindo o erro, Karol insistiu em manter os comentários ácidos e complôs contra a colega

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem