BBB18

Após conversa com Kaysar, Ayrton discute com Gleici no BBB 18

'Não aponta o dedo para mim', disse a acriana 

Ayrton no BBB 18
Ayrton no BBB 18 - Reprodução/TV Globo

São Paulo

A noite desta segunda (2) foi agitada na casa do Big Brother Brasil, reality da Globo apresentado por Tiago Leifert. 

Ayrton, o pai da família Lima, que está paredão após levar três votos da casa e empatar com Viegas —o que obrigou o líder Kaysar a tomar a decisão final—, foi conversar com o mandatário da semana. 

Os dois eram próximos e Ayrton se sentiu traído com a escolha de Kaysar, que mandou ele e a filha, Ana Clara, para a berlinda com Wagner. Em momentos anteriores do reality, o sírio disse admirar Ayrton e o chamou de pai. 

Na área externa da casa, Kaysar  questionou o motivo do distanciamento de Ayrton: "Por que você está fechado comigo?". Ao que o patriarca da família Lima respondeu: "Eu tô me sentindo traído, mas isso é problema meu; é um egoísmo meu que queria que você fosse leal comigo como eu seria."

O sírio então acusou Ayrton de tê-lo chamado de traidor, o que foi negado pelo papito: "Eu me senti traído porque eu queria que você fosse leal comigo como eu fui com você. Mas eu disse já que isso é egoísmo meu, você não tem obrigação, Ok? Eu continuo tendo o mesmo carinho e respeito por você, mas eu perdi a confiança." 

Kaysar questionou a palavra traição: "Se para você a palavra traidor não significa muito, então eu não sei o que te falar."

Segundo o refugiado, a decisão de mandar a família para o paredão foi motivada por ele não ser muito próximo de Ana Clara, filha de Ayrton. "A casa inteira sabe e o mundo inteiro que o que tenho por você é admiração e respeito. Eu não votei em você, votei na família Lima. Se você estivesse sozinho não votaria jamais", disse o sírio. 

GLEICI

Depois da conversa tensa com o líder, Ayrton se juntou a Ana Clara e Gleici. O papito, então, comentou com ambas que Kaysar disse ter se identificado com a história da acriana, segundo ele, por também ter passado fome no passado.

Gleici entendeu que Ayrton foi contar sua história para Kaysar e reprovou a atitude do brother. "Quando eu conto uma coisa pra alguém, é porque eu confio. Eu não quero que os outros fiquem sabendo."

Gesticulando, Ayrton se mostrou irritado, mas se defendeu dizendo que não foi ele que contou a história da sister para sírio. "Não precisa apontar o dedo na minha cara. Isso não é legal", disse Gleici. 

Ana Clara defendeu o pai, dizendo que todos os confinados viram a conversa de Gleici com Kaysar dias antes. 

"É por isso que às vezes eu fico chateado com você, Gleici. Você fala umas coisas", disse Ayrton, que se desculpou com a sister dizendo que eles não deveriam brigar. 

Gleici concordou: "Mas eu não estou brigando, não quero brigar com vocês de jeito nenhum."

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem