A Fazenda 11

A Fazenda 11: Polícia Civil instaura inquérito para apurar assédio sofrido por Hariany

No reality, peoa foi beijada sem consentimento por Phellipe Haagensen

A participante Hariany Almeida, 21, modelo e influencer digital - Antonio Chahestian/ Record TV
São Paulo

A Polícia Civil instaurou um inquérito para apurar o beijo sem consentimento dado por Phellipe Haagensen em Hariany Almeida em A Fazenda 11 (Record). A Secretaria de Segurança Pública diz que “todas as circunstâncias relativas aos fatos são investigadas” e que o caso é levado pela Delegacia de Itapecerica da Serra.

A Record diz não ter nenhuma informação a respeito do caso e ainda não confirma que a polícia entrou na sede do reality na manhã desta segnda (30) para colher depoimentos da participante.

A Record anunciou na noite de domingo (29) que o peão Phellipe Haagensen, 35, estava expulso do jogo. Marcos Mion afirmou que o participante deixaria a atração após ter dado um beijo em Hariany Almeida contra a vontade dela. Enquanto ela discutia com ele, a beijou.

“Beijo roubado ou forçado, encoxada ou mão boba são considerados crimes contra a dignidade sexual. Pelo regulamento do programa é proibida qualquer ação que coloque em risco a integridade física do participante. A produção deve cumprir o regulamento, mas também as leis”, disse Mion.

Depois do caso, que perdurou por 48 horas sem nenhuma ação por parte da emissora, Phellipe foi chamado até a despensa. Depois disso, não retornou ao confinamento. O momento não foi exibido pela plataforma PlayPlus da Record, que transmite o reality 24 horas.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem