Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Televisão
Descrição de chapéu jornalismo

Tadeu Schmidt se despede do Fantástico e diz que chega radiante ao BBB

'O 'show da vida' fica para sempre no meu coração", afirmou o jornalista

Tadeu Schmidt no BBB
Tadeu Schmidt - Reprodução
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O jornalista Tadeu Schmidt fez, neste domingo (14), a sua despedida do Fantástico (Globo), após 14 anos a frente do programa, com direito a vídeo de homenagem, música de Paulo Ricardo e muita emoção para ele para sua companheira de apresentação, Poliana Abritta. "Que felicidade é poder fazer uma despedida absolutamente feliz", disse.

"Há 14 anos eu cheguei com a missão de mudar a forma como o esporte era feito no Fantástico e agora encerro com o formato consolidado e cheio de possibilidades. Toda vez que um cavalinho fizer uma graça ou alguém pedir uma música após fazer três gols, eu vou sentir que tem um pedacinho meu aqui", afirmou ele, emocionado.

Schmidt assumirá o Big Brother Brasil 22, que estreia em janeiro, após Tiago Leifert deixar o comando do programa. Sua saída do Fantástico já tinha sido confirmada em outubro, mas agora ele deixa oficialmente o programa dominical, sendo substituído por Maju Coutinho. Os cavalinhos do quadro Gols do Fantástico, no entanto, ficarão sob o comando do jornalista Alex Escobar.

Durante a despedida deste domingo, Schmidt afirmou que faria um treino para os famosos discursos de despedida do BBB e agradeceu à equipe e aos telespectadores, "principalmente àqueles que dizem gostar de futebol pelo jeito que o Fantástico faz futebol".

Schmidt ainda ganhou um vídeo de homenagem com várias cenas de momentos marcantes de seus 14 anos no Fantástico e uma adaptação da música "Vida Real", famosa por usada na abertura do BBB. Paulo Ricardo, dono da canção, cantou a nova versão ao lado dos cavalinhos.

"Oficialmente, encerro aqui minha carreira como jornalista, mas na essência nunca vou deixar de ser jornalista. Nunca senti tanto orgulho disso. Porque o jornalismo profissional nunca se mostrou tão necessário para uma sociedade. Vou para o BBB radiante, mas o 'show da vida' fica para sempre no meu coração".

O jornalista já teve passagem pelo Esporte Espetacular e pelo Globo Esporte, tendo chegado ao Fantástico em 2007. Ele também é irmão do ex-jogador de basquete Oscar Schmidt e tio do jogador de vôlei de praia e campeão olímpico Bruno Schmidt. ​

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem