Televisão

Após surto de Covid, Record suspende gravações do Canta Comigo

Reality musical estava previsto para estrear em outubro

Sidinho venceu  a final do 'Canta Comigo Teen' em 2020
Sidinho venceu a final do 'Canta Comigo Teen' em 2020 - Edu Moraes/ Record TV
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A Record suspendeu até 30 de março as gravações da terceira temporada do Canta Comigo, reality musical, previsto para estrear em outubro. Ao menos dez profissionais que participam das gravações do programa tinham recebido diagnóstico positivo para Covid-19 e foram afastados.

Em nota, a emissora informou que suspendeu as gravações em decorrência da gravidade sanitária e social causada pela Covid-19, e do início da "fase de emergêncial" mais dura no estado decretada pelo governador João Doria (PSDB).

“A Record TV e a Endemol Shine Brasil anunciam a suspensão das gravações da terceira temporada do Canta Comigo até, pelo menos, o dia 30 de março. A decisão, como sempre, foi tomada tendo em vista a segurança e saúde de toda equipe e elenco e respeitando as orientações de segurança do governo”.

A Endemol disse que desde o ano passado, quando os órgãos públicos e setoriais criaram protocolos para a retomada da atividade audiovisual, a empresa adotou medidas rigorosas em todas as produções. "A empresa entende, contudo, que o momento é delicado e exige a precaução de todos se manterem em casa."

Antes do cancelamento da temporada do reality, ao menos dez profissionais que participam das gravações do Canta Comigo, reality musical da Record, receberam diagnóstico positivo para o novo Coronavírus. Segundo nota encaminhada pela produtora Endemol Shine Brasil, responsável pelo programa, as pessoas infectadas foram afastadas, e as filmagens seguiam normalmente por nenhum novo caso ter sido identificado.

A empresa empresa informou que os dez profissionais contaminados estavam em casa e a maioria era assintomática. "Poucos apresentaram, apenas sintomas leves", informa a nota. O Brasil enfrenta o pior momento da pandemia, com situações críticas em todas as regiões do país e até mesmo colapsos em algumas áreas. Os níveis de ocupação de UTIs estão acima de 90% em diversas capitais.

Participam da atração cem jurados, além das pessoas que disputam o reality. De acordo com o colunista Fefito, do UOL, o cantor Juninho Bill e Felipe Simmons Mendes, conhecido por sua atuação como cover do cantor Gene Simmons, estão entre os que receberam diagnóstico positivo para a doença.

Por meio de sua assessoria de imprensa, a Record informou: "Confiamos e trabalhos juntos com nossos parceiros para termos critérios de máxima segurança em todas as nossas produções".

Formato original da Endemol, o Canta Comigo é exibido em diversos países. No Brasil, as duas primeiras temporadas foram comandadas por Gugu Liberato. Com a morte do apresentador em 2019, Xuxa comandou uma edição especial do reality de Natal, em 2020. Também no ano passado, Rodrigo Faro foi o responsável por uma versão adolescente da atração.

O apresentador segue no comando desta nova temporada do Canta Comigo, que é gravada nos estúdios Vera Cruz, em São Bernardo do Campo. A ideia central do reality é ver se o candidato a vencer a disputa, ao se apresentar, é capaz de levantar cem jurados de uma só vez para cantar junto.

PROTOCOLOS

Em nota, a Endemol Shine Brasil afirma que segue rigorosos protocolos de segurança para as gravações do Canta Comigo, o que inclui uma comissão multidisciplinar formada por médicos do trabalho, infectologistas e profissionais da área, que orientam as medidas adotadas em todos os estágios da produção.

"Entre os nossos rigorosos protocolos estão as testagens por faseamento (a cada nova fase de gravação, testamos todo o time), além da aferição diária de temperatura de todos os funcionários, estações de higienização distribuídos em todo o local de gravação, uso obrigatório de máscaras N95, distanciamento seguro, além dos aparatos de acrílico separando os jurados no cenário. O controle de cumprimento é realizado por uma equipe exclusiva de produtores, dedicados a este fim", diz.

Segundo a empresa, foi na última testagem realizada na equipe do reality que se identificou um total de 10 pessoas infectadas. "Nossa equipe segue as gravações normalmente por não termos identificado nenhum novo caso interno, sempre seguindo todos os protocolos de segurança que usamos em nossas produções. Seguiremos as testagens por faseamento como sempre realizamos em todas as nossas produções, prezando sempre pela saúde e bem-estar de todos os envolvidos", informa.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem