Televisão

SBT tem crescimento de 20% com exibição da Libertadores, mas amarga 3º lugar

Jogo entre Palmeiras e Bolívar ficou atrás da Globo e da Record no ranking da Kantar Ibope

O jogador Willian, do Palmeiras, comemora gol contra o Bolívar
O jogador Willian, do Palmeiras, comemora gol contra o Bolívar - Cesar Greco-16.set.2020
São Paulo

A estreia da Copa Libertadores no SBT teve um gosto agridoce para o canal. Das 21h30 às 23h24, horário da transmissão, a emissora alcançou 10,3 pontos de média (cada ponto representa 203.309 pessoas) na Grande São Paulo, segundo medição da na Kantar Ibope.

O resultado representa um crescimento de 20% em relação à mesma faixa horária da última quarta-feira (9), quando o SBT ficou com 8,6 pontos. Contudo, o canal de Silvio Santos amargou o terceiro lugar do ranking, atrás da Globo e da Record.

A Globo, que passou o jogo entre Corinthians e Bahia pelo Campeonato Brasileiro, alcançou 24 pontos de média. Já a Record, exibiu no mesmo horário o final da novela "Apocalipse", um capítulo de "Jesus" e parte de "A Fazenda 12", que marcaram 7, 10 e 13,4 de média, respectivamente. No confronto direto, o reality show rural marcou 13,1 pontos contra 9,4 pontos do SBT.

O jogo exibido pelo SBT foi entre o Palmeiras e o Bolívar, em La Paz (Bolívia), e contou com a narração de Téo José e comentários de Mauro Beting e Ricardo Rocha. O time brasileiro venceu por 2 a 1. Foi a estreia da Libertadores no canal, que comprou os direitos de transmissão recentemente. A Globo, que exibia os jogos da competição continental anteriormente, não conseguir fechar novo acordo com a Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol).

O SBT pelo menos pode comemorar o resultado em outras praças. Em Porto Alegre (RS), com a exibição da derrota do Grêmio para o Universidad Católica por 2 a 0 em Santiago do Chile, a emissora ficou em primeiro lugar isolado.

Das 21h30 às 23h24, o canal teve média de 20,6 pontos na capital gaúcha (por lá, cada ponto equivale a 39.684 pessoas). Com narração de Luiz Alano e comentários de Glauco Pasa e Mauro Galvão, o canal teve o dobro da audiência da Globo, que ficou com 10,3 pontos de média na mesma faixa horário, e do SBT, com 8 pontos de média. O crescimento foi de 282% com relação ao mesmo horário da última quarta-feira (9).

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem