Televisão

Programa Se Joga é todo dedicado a entradas ao vivo e informações do velório de Gugu

Outros programas também dedicaram maior tempo ao apresentador

Fabiana Karla, Érico Brás e Fernanda Gentil do Se Joga - Victor Pollak/Globo
São Paulo

O programa da Globo Se Joga desta quinta-feira (28) foi integralmente dedicado às homenagens e transmissões do velório de Gugu, morto após sofrer uma queda em sua casa em Orlando (EUA).

A atração comandada por Fernanda Gentil, Fabiana Karla e Érico Brás, recebeu vídeos de pessoas que fizeram parte da vida do apresentador, dentre elas da apresentadora Eliana, da modelo Luiza Ambiel, da cantora Mara Maravilha, do ex-ajudante de palco Liminha e do casal Andréa Sorvetão e Conrado.

"Se ele não fosse generoso, eu não estaria aqui", disse Eliana, emocionada. "Sempre esteve ao meu lado nesses 30 e poucos anos que passamos juntos. O Gugu sempre foi uma cara muito bacana, muito legal. Ajudou muito na minha história de vida. Todos nós que trabalhamos com televisão temos uma gratidão", contou Liminha.

A todo instante, repórteres entravam ao vivo do velório para atualizar as últimas informações.

A Record, emissora onde Gugu trabalhou nos últimos anos, mudou toda a sua programação e desde as primeiras horas da manhã acompanhou ao vivo tudo o que acontecia na Assembleia Legistativa do Estado de São Paulo. Repórteres também entrevistavam anônimos que tomavam chuva na fila para dar o último adeus a ele.

Além do Se Joga, outros programas pretendem prestar homenagens a Gugu. Um deles é A Praça É Nossa. Na noite desta quinta (28), a atração de Carlos Alberto de Nóbrega no SBT vai reexibir quadros dos quais ele e o comediante Rapadura, que também morreu, participaram.

Silvio Santos cancelou a gravações que teria nesta quinta por conta do luto pelo amigo Gugu. Silvio Santos, que deu a primeira oportunidade de Gugu na TV e chegou a cogitá-lo como seu sucessor, ainda não havia passado pelo local, mas encaminhou uma coroa de flores, assim como os apresentadores Luciano Huck e Angélica e o cantor Zezé Do Camargo.

Na Record, o programa Canta Comigo, apresentado pelo próprio Gugu, teve sua semifinal exibida na noite de quarta (27). A atração já estava toda gravada. A final será exibida na próxima quarta (4). O programa entrou no ar com uma homenagem a Gugu.

MORTE TRÁGICA

O apresentador Gugu Liberato, 60, teve a morte confirmada na noite da última sexta-feira (22) após ele passar dois dias internado em um hospital de Orlando, na Flórida, Estados Unidos, em decorrência de uma queda sofrida em casa. Ele despencou de uma altura de quatro metros, quando fazia um reparo no ar-condicionado instalado no sótão. 

Cerca de duas semanas antes do acidente, Gugu foi dado como morto pela rede social da própria emissora, a Record. Na ocasião, ele teve de ir a público confirmar que estava bem. “Pessoal, alguém publicou que eu tive um enfarto. É fake, tá? Estou muito bem, obrigado”, escreveu ele em seu Twitter. 

Após a queda sofrida em sua casa, os médicos constaram que o apresentador não apresentava mais atividade cerebral, segundo a nota de falecimento, que não especifica a data exata da morte. Os familiares então autorizaram a doação de todos os seus órgãos, o que poderia beneficiar até 50 pessoas. 

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) lamentou a morte do apresentador em suas redes sociais: “O país perde um dos maiores nomes da comunicação televisiva, que por décadas levou informação e alegria aos lares brasileiros. Que Deus o receba de braços abertos e conforte os corações de todos”, disse a mensagem. 

Já o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), decretou luto de três dias em razão da morte do apresentador, que ele classificou como “um de seus principais comunicadores”: “O Brasil perde um talento”, afirmou em nota. Já a Assembleia Legislativa ofereceu o salão nobre para a realização do velório. 

Gugu Liberato deixa a mulher, Rose Miriam, e três filhos: João Augusto, de 18 anos, e as gêmeas Marina e Sofia, de 15.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem