Televisão

Juliana Paes e Agatha Moreira choram meia hora após cena de surra em 'A Dona do Pedaço'

Cena do primeiro confronto entre mãe e filha vai ao ar a partir deste sábado (3)

 
 
Maria da Paz (Juliana Paes) estapeia Josiane (Agatha Moreira)
Maria da Paz (Juliana Paes) estapeia Josiane (Agatha Moreira) - Artur Meninea/Gshow
São Paulo

Programada para ir ao ar a partir deste sábado (3), a cena do primeiro confronto entre Maria da Paz (Juliana Paes) e Josiane (Agatha Moreira) promete ser tensa, em “A Dona do Pedaço” (Globo).

As próprias atrizes contam que não conseguiram parar de chorar após realizarem as cenas em que a empresária desmascara a jovem e descobre que tem sofrido golpes e roubos da menina. O confronto terminará em violência.

A cena é muito forte e mexe com a gente. É muito feio uma filha fazer o que a Josiane faz com a mãe e provocá-la até chegar a esse ponto. Quando terminou continuamos a chorar por mais meia hora”, revela Agatha.

A cena foi gravada no último dia 25 de julho e foi coordenada Amora Mautner. Também contou com a participação de ao menos 30 pessoas no estúdio além das duas atrizes. De acordo com Agatha Moreira, ambas decidiram por tapas falsos, o que funciona melhor para o vídeo. Porém, nem dessa forma foi fácil conter a emoção.

“Eu nunca tinha feito cena assim, de apanhar muito. E pode acontecer com as pessoas a mesma coisa que aconteceu comigo: você estar esperando muito esse momento, achar que Josiane merece muito estar ali e, na hora que você vê de fato, se dá conta de que é muito triste. Você se compadece com a situação porque é chocante uma mãe bater assim numa filha. É triste e forte”, revela a atriz.

Segundo Juliana Paes, foi difícil conter as lágrimas nos bastidores. A gravação foi tensa. “Eu estava supernervosa. Fico mais nervosa nessas sequências do que em cenas de emoção. Quando você tem que falar muito e, ao mesmo tempo, usar técnica para não machucar o seu colega, não bater com força, precisa estar com a emoção afiada. Não consegui parar de chorar”, completa.

Na história de Walcyr Carrasco, Maria da Paz, até então, demonstrava carinho e devoção por essa filha e jamais poderia imaginar que ela queria tirar o seu dinheiro. “Levei um tempo para me recuperar dessa”, revela Juliana.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem