Televisão

Claudete Troiano realiza sonho e estreia atração noturna voltada à mulher na TV

'Hebe sempre será a rainha da TV', diz apresentadora ao ser comparada

A apresentadora Claudete Troiano

A apresentadora Claudete Troiano Divulgação/TV Aparecida

São Paulo

A apresentadora Claudete Troiano, 65, está feliz da vida com a chance de colocar em prática um sonho antigo: o de ter um programa noturno. O Programa Claudete Troiano estreia nesta sexta-feira (28), das 20h às 21h30, na TV Aparecida.

Com dez episódios e em formato de talk show, a atração vai contar histórias e entreter o público com bate-papo com convidados, desfiles de moda e culinária. A Banda Palace, formada pela ex-The Voice Cecília Militão, será fixa do programa.

"A inspiração desse programa foi sentir que não há nada como isso de noite. Hoje a mulher trabalha muito, tem jornada dupla, tripla, e de noite falta o que ela gosta de assistir", diz Claudete, que já apresenta na emissora o vespertino Santa Receita, de segunda a sexta, às 15h15.

"É uma atração que quer mostrar histórias, fala de assuntos que estão por ai e precisam ser ditos. Terá momentos engraçados, musicais, comida, desfile de moda, enfim, uma conversa como se estivéssemos no sofá de casa", completa.

No programa de estreia, Claudete vai receber Joyce Ribeiro, âncora do telejornal Jornal da Cultura, da TV Cultura, que falará da sua trajetória profissional em meio às dificuldades. O tema da conversa são histórias inspiradoras de mulheres fortes. A atração também terá no palco Luzia Costa, mulher que de vendedora virou uma grande empresária do mercado de estética. 

Um sofá que toma todo o palco, uma apresentadora tradicional, de cabelos loiros e competente num programa noturno. Essas características remetem à outra apresentadora. Será difícil não assistir ao Programa Claudete Troiano sem se lembrar de Hebe Camargo (1929-2012), que de 1986 a 2010 fez parte das segundas à noite no SBT.

Para Claudete, é uma honra essa comparação. "Seria muita pretensão [me comparar a ela], mas é lógico e indiscutível que a Hebe sempre será a rainha da TV. Possuía um sorriso. Trabalhei com ela na casa dela quando fui repórter da Rádio Capital. É uma figura que nunca ninguém vai conseguir imitar. Mas eu pedi esse sofá, é muito chique", diverte-se.

Ao longa da carreira, a apresentadora afirma que ancorou vários programas que tinham como assíduos telespectadores as crianças e que, hoje, essa meninada cresceu e, agora, a acompanha. Claudete diz ainda que a atração terá temporadas, mas pode ser que se torne um programa fixo na grade da TV Aparecida. 

Se isso ocorrer, será um presente para a apresentadora que sempre sonhou com essa oportunidade. "É o caminho que vejo para mim na TV, um programa noturno. Com sinceridade, se der certo, fica [na grade], e se não der, sai, pelo menos eu tentei. Sou de escorpião, sou corajosa."

MEDO DE ASSISTIR

Mesmo com quase 60 anos de trajetória na TV,  Claudete Troiano afirma que não gosta de assistir às estreias de seus programas. Ela afirma que "depois de tanto tempo ainda acho que tenho que melhorar todo dia."

"Não gosto de me assistir, provavelmente não vou me ver [no programa novo, que é gravado]. Sou crítica. Sempre acho que está ruim ou que falei alguma porcaria. Peço para o diretor para gravar direto, como se fosse ao vivo. Assim, se tiver erro, paciência, procuro não voltar."

Mesmo se cobrando, Claudete não se vê longe das telinhas. “Quem está de fora pensa: ‘Poxa, como Silvio Santos não se aposenta? Por que o Faustão não sai? É tão difícil ficar longe. Acho que o que me deixa feliz nesse programa é ter a oportunidade de aqui encontrar um novo caminho”, revela.

Para ela, estar na TV e se reinventar são missões honrosas. “Alguns me chamam de fênix. Estou sempre renascendo. Gosto tanto do que eu faço que não me vejo fazendo outra coisa. Quando fiquei fora da TV, pensei em ter loja, mas não entendia nada. Depois pensei em entrar no ramo da gastronomia, mas não dava. Eu me descobri uma comunicadora aos sete anos. Acho que ainda estou bem aos 65, né?”, conclui a apresentadora, bastante animada por mais uma vez iniciar um novo projeto.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem