Televisão

Após separação, Luana Piovani mostra vida com Scooby em programa: 'Ele abrilhanta o show'

Junto havia 8 anos, casal anunciou fim do casamento no mês passado

Luana Piovani na praia com os três filhos e o ex-marido Pedro Scooby
Luana Piovani com os filhos e o ex-marido Pedro Scooby - Reprodução
São Paulo

​​Luana Piovani, 42, e Pedro Scooby, 30, anunciaram recentemente a separação após oito anos de relacionamento. Mas os fãs do casal ainda poderão vê-los juntos no novo programa da atriz, Luana é de Lua, que estreia no próximo mês no canal E!. Para ela, não há qualquer constrangimento em ter o ex na atração. 

“Tenho o maior orgulho dele, fico superfeliz. A gente tem uma relação ótima. Inclusive, achei ele gato, está uma gostosura com essa cueca de beijo [do primeiro episódio]. Não me incomoda em nada, muito pelo contrário. Pessoa brilhante, que está abrilhantando meu programa. Olha o bifão que botei na roda", brinca ela. 

Com dez episódios, a primeira temporada de Luana é de Lua foi gravada no ano passado, quando o casal ainda estava junto, morando no Rio de Janeiro. Depois de concluídas as filmagens, eles ainda se mudaram para Portugal com os três filhos, antes de anunciarem a separação em março. 

Na época, Luana afirmou que eles sempre estarão juntos e que Scooby “terá seu lugar na nossa casa e será a outra parte da minha potência. Quero vê-lo brilhar, crescer e dividir comigo a difícil e mágica missão de educar nossos pintinhos. A vitória dele, sempre será a minha”, afirmou a atriz, em sua conta no Instagram. 

Piovani e Scooby são pais de Dom, 7, e dos gêmeos Bem e Liz, 3. Eles estavam casados desde 2013 e chegaram a se separar em 2016, mas acabaram reatando alguns meses depois.

Após a nova separação, os dois já foram vistos juntos algumas vezes, como no aniversário de sete anos de Dom, e trocaram elogios pelas redes sociais. "Pacotão phyno", afirmou ele em um post da atriz na banheira há algumas semanas. O comentário rendeu vários comentários dos fãs.​

A vida pessoal de Luana é um dos pilares do seu programa, que estreia no dia 25 de junho no canal pago E!. Seu dia a dia com o então marido e os filhos alternam com seu mergulho em assuntos, por vezes, espinhosos, como assédio, violência, identidade sexual, fantasia sexual. 

"Eu não me importo de mostrar a minha vida, mas me incomodo de não ser sincera, de não mostrar o que é de verdade. Por que quando vejo as coisas que não são de verdade, me aborreço”, afirma a atriz e apresentadora. 

Mas uma restrição, ou “chatice”, como prefere chamar, Luana impôs às equipes de gravação: cuidado com as cenas em que aparecem seus filhos. "Não queria que eles sentissem em nenhum momento na obrigação de falar, de fazer alguma coisa. Não queria que eles se sentissem acuados com a parafernália." 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem