Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui para continuar.

Celebridades

Luana Piovani deixa mansão no Rio de Janeiro para morar em Portugal

Apresentadora volta em 2019 para gravar reality

Luana Piovani
Luana Piovani - Reprodução/Instagram
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Luana Piovani, 42, entrou para a lista de artistas brasileiros que estão morando em Portugal. A apresentadora já havia anunciado sua ida há meses, mas só agora deixou a mansão em que vivia com Pedro Scooby e os três filhos.

Nesta segunda-feira (17), ela compartilhou via Instagram as malas abertas e os preparativos da família. "Sensação boa, mas estranha. Boa porque a escolha é nossa. Escolhi vir para o Rio aos 19, e agora estou escolhendo ir embora dele aos 42 [anos]", diz em um dos vídeos que publicou na rede. 

Ela também tirou uma foto do jardim da casa em que mora no Rio de Janeiro e se despediu, com a frase: "Foi lindo". Luana havia comentado que se mudaria por conta dos problemas com segurança e dignidade que enfrenta nas terras brasileiras. 

"Se precisar, eu vou vender roupa em loja, sim, feliz da vida. Vou na porta de uma escola vender bolo... Não vai me pagar o que eu gasto hoje, mas a gente se adequa", comentou na época em que anunciou a decisão.

"A gente vive numa cidade onde o bandido atira e o policial revida. Quem está no meio que se dane", disse a atriz, enfatizando que gostaria de morar num lugar onde não é preciso ter "medo de morrer de uma bala perdida".

Luana lança em junho de 2019 uma série pelo canal E!, "Luana é de Lua", que será um reality investigativo. A nova produção tratará de temas polêmicos e atuais, falando sobre diversidade, empoderamento feminino, fantasias sexuais, monogamia, casamento, maternidade e envelhecimento, dentre outros. 

Ela explicou que a mudança para Portugal é possível porque não tem longos contatos com emissoras, e que realiza de três a quatro projetos por ano.

A apresentadora pretende voltar para o Brasil em abril do mesmo ano para passar cinco semanas e fazer as gravações de uma possível segunda temporada do programa.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Mais lidas