Televisão

Equipe do Vídeo Show não soube com antecedência do fim do programa; despedida não terá nada de especial

Após 35 anos, programa fará última exibição

Parte da equipe do Vídeo Show com Ana Clara, Sophia Abrahão, Fernanda Keulla e Vivian Amorim
Parte da equipe do Vídeo Show com Ana Clara, Sophia Abrahão, Fernanda Keulla e Vivian Amorim - Globo/João Cotta

Tony Goes
São Paulo

Havia três boatos circulando na produção do Vídeo Show nos últimos dias.

Um deles dizia que o programa voltaria a ser semanal, como foi em seus primeiros anos. As matérias só focariam o filé mignon da programação da Globo. Um Vídeo Show mais enxuto e mais consistente.

Outro rumor falava que o Vídeo Show se tornaria um segmento dentro de algum outro programa da Globo, matutino ou vespertino. Um espaço dedicado à memória e aos bastidores da emissora, mas com uma duração muito menor do que (ainda) tem hoje.

O terceiro boato era de que o Vídeo Show simplesmente acabaria. Foi o que acabou se confirmando.

Nesta terça (8), pouco antes de a emissora enviar um email à imprensa anunciando (entre outras coisas) o fim do Vídeo Show, o novo diretor da área de entretenimento, Mariano Boni, comunicou à equipe, em um discurso de quatro minutos, que o programa terá sua derradeira edição na próxima sexta (11).

Essa despedida não terá nada de especial. Vai ser um programa normal, como o de qualquer outro dia. Nem há tempo hábil para preparar algo fora da rotina.

Por enquanto, nenhum profissional do Vídeo Show foi dispensado, nem realocado para outra atração.

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem