Televisão

Batoré relembra mágoa de Carlos Alberto de Nóbrega: 'Ficamos 13 anos sem nos falar'

Após sua saída do SBT, ator atuou em novela da Globo

O humorista Batoré
O humorista Batoré - Divulgação/Record TV
São Paulo

O humorista Ivanildo Gomes, mais conhecido como Batoré, se consagrou com um dos personagens mais queridos do humorístico A Praça É Nossa (SBT). Após 16 anos sentando no banco da praça, ele foi demitido por Carlos Alberto de Nóbrega em 2003.

Em entrevista a Luciana Gimenez no programa Luciana By Night desta terça (26), Batoré lembrou sobre sua saída do SBT e da mágoa que teve com Carlos Alberto de Nóbrega. "Perguntei para a diretora na época se o Carlos Alberto sabia e ela disse: 'foi ele que colocou seu nome'. Quando fui falar com ele, ele só abaixou a cabeça. Não discuti nem nada, até porque tenho um respeito muito grande por ele, faz parte da minha história, mas ficamos 13 anos sem nos falar porque achei covardia."

O ator disse ainda que seu personagem tinha um bom desempenho no Kantar Ibope, que faz a aferição da audiência no Brasil. "Pontuava bem no Ibope, era um personagem de primeira linha. [...] "Se ele tivesse me falado, eu teria entendido. Depois fizemos as pazes e vira e mexe a gente se fala, torço muito por ele.” 

Depois que deixou a emissora de Silvio Santos, o humorista recebeu convite da Globo para interpretar o delegado Queiroz em "Velho Chico", contracenando com Antônio Fagundes e Domingos Montagner, que morreu afogado nas águas do rio São Francisco, na cidade de Canindé do São Francisco (SE), onde algumas cenas da novela foram gravadas, em 2016.

"Só acreditei [no convite] com a insistência do produtor de elenco. Falei que não queria porque não me sentia capacitado para trabalhar numa novela. Tenho um respeito muito grande pela dramaturgia", disse Batoré, relembrando ter inicialmente recusado o papel na trama.

Com 58 anos e pai de dois filhos, Ivanildo Gomes afirma que sempre quis ser o que é hoje, mas que é preciso buscar e não apenas querer. "Todo mundo fala que querer é poder e eu não acho. Acho que querer é um desejo. Buscar é poder. Eu sempre quis ser o que sou hoje, mas se eu não buscasse, eu não seria. Deus é maravilhoso, mas ele faz a parte dele depois que você fizer a sua. É uma parceria, a lei do retorno."

Gomes está no elenco da série "Cine Holliúdy", que ainda não tem data de estreia na Globo. As gravações ocorreram em Areias, cidade do interior paulista. Sob direção geral de Patrícia Pedrosa e direção de Halder Gomes, a série é baseada no filme homônimo lançado em 2013. Além dele, Matheus  Nachtergaele, Heloisa Périssé, Leticia Colin e Edmilson Filho também participam do folhetim. 

Com direção de Cláudia Bexiga, o programa Luciana By Night é exibido sempre às terças-feiras, às 22h45, na RedeTV!.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias