Televisão

Polaroides alimentam mistérios na segunda temporada da série '13 Reasons Why'

Os episódios estarão disponíveis na Netflix a partir do dia18

Jessica (Alisha Boe) será vítima de bullyng na escola na segunda temporada
Jessica (Alisha Boe) será vítima de bullyng na escola na segunda temporada - Divulgação
Descrição de chapéu Agora
Fabiana Schiavon
São Paulo

Permeada de polêmicas, a série americana "13 Reasons Why" sobreviveu às críticas e chega agora à sua segunda temporada. Os novos 13 episódios estarão disponíveis para assinantes da Netflix a partir da próxima sexta (18).

A primeira temporada narra a trajetória da estudante Hannah (Katherine Langford), que cometeu suicídio. Ela deixa 13 fitas cassete gravadas, explicando os motivos que a levaram a se matar. As fitas são entregues a todos os citados, criando um mal-estar generalizado na escola.

Com o fim das fitas, os criadores conseguiram dar novo fôlego à produção, usando agora polaroides, que podem levar ao autor de um novo crime. Enquanto se desenrola o julgamento que decidirá se a escola é responsável pelo suicídio de Hanna, outra estudante, Jessica (Alisha Boe), descobre que foi estuprada quando estava inconsciente. 

"Ela não se sente mais confortável em seu próprio corpo. É importante mostrar os efeitos que o abuso causa em uma pessoa", diz Alisha.

Com o caso de abuso, a escola volta a discutir as questões do bullying e a questionar porquê Hannah decidiu tirar a própria vida. 

Para evitar a acusação de que a série poderia induzir jovens ao suicídio, há um vídeo de alerta com o elenco antes do primeiro episódio. "Todo mundo envolvido nessa produção tinha o mesmo nível de responsabilidade. Nossa intenção era contar uma história, da forma mais verdadeira possível. Então, nesta segunda temporada, o esforço foi dar ferramentas para que as pessoas conversem e se informem", diz o ator Christian Navarro, o Tony.

Agora
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem