Música

DJ Alok lança clipe sobre combate à violência doméstica com Luiza Brunet

Música '180' conta com a participação dos MCs Hariel e Dricka; assista

retrato do DJ
DJ Alok - Divulgação
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

DJ Alok, MC Hariel e MC Dricka lançam nesta quinta (26) o clipe da música "180". Em parceria com a gravadora GR6 e a varejista Magalu, o projeto destaca a importância do combate à violência contra a mulher. O vídeo é protagonizado pela empresária e ex-modelo Luiza Brunet, 59, que acusa o ex-companheiro Lírio Albino Parisotto de agressão.

O clipe também conta com outras mulheres vítimas de violência doméstica. “Para mim, 180 é uma música urgente e atemporal. Um tema a ser sempre debatido até o dia que a gente não precise mais ler nem ouvir que as mulheres continuam sendo agredidas seja verbal, moral ou fisicamente. Aquele que não luta pelo outro, já desistiu de si mesmo”, diz Alok.

Participam ainda da música e do vídeo os MCs Davi, Marks e Leozinho ZS, e o DJ Victor. O nome da música, "180", faz referência à central de denúncias e emergência de violência contra a mulher. A ação faz parte das celebrações do “Agosto Lilás”, mês da conscientização sobre o assunto.

“A música 180 ajuda a dar visibilidade a um problema que, muitas vezes, permanece escondido, dentro de quatro paredes, e que demora a ser reconhecido pela própria vítima”, afirma Ana Luiza Herzog, gerente de reputação e sustentabilidade do Magalu.

Por meio do Instituto Alok —que acaba de firmar uma parceria com o Magalu— , o DJ cedeu todos os direitos dos royalties às ações que combatem a violência doméstica. Já os outros artistas doaram parte da renda do projeto para o Instituto Maria da Penha e ao Instituto Brasil + Social, que coordena o Projeto Mulheres de Lótus.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem