Música
Descrição de chapéu Eleições EUA 2020

Fãs de k-pop podem ter planejado estratégia para esvaziar comício de Trump nos EUA

Evento deste sábado teve adesão menor que a esperada

Fãs de k-pop em fila para show do BTS em São Paulo - Carine Wallauer - 11.mar.19/UOL
São Paulo

O presidente dos EUA, Donald Trump, realizou neste sábado (20), em Tulsa, Oklahoma, seu primeiro comício em três meses e, apesar da expectativa de evento lotado, o público acabou decepcionando. O inusitado é que isso pode ser resultado de uma iniciativa de fãs de k-pop e usuários do TikTok.

Segundo o jornal americano New York Times, fãs das bandas musicais coreanas estão comemorando o resultado do boicote provocado por eles, que teriam combinado de reservar milhares de entradas para o comício do presidente, já com a intenção de não ir e transformar o evento em um fiasco.

A publicação cita vídeo feito há cerca de dez dias por Mary Jo Laupp, 51, que teria motivado o movimento. Ela afirma que assistia a vídeos de usuários negros do TikTok, revoltados com a data do comício, um dia após o fim da escravidão no país. Ela então fez seu vídeo, também no TikTok, com a ideia de esvaziar o evento.

O site Business Insider afirmou que a campanha de Trump pediu que os apoiadores se inscrevessem para o ingresso gratuito para o comício usando seu telefone celular em um tweet de 11 de junho. As contas de fãs do k-pop então pediram que as pessoas o fizessem já com a ideia de não comparecer.

O New York Times disse que muitas das publicações de incentivo ao boicote eram apagadas logo em seguida para não levantar suspeitas. Alguns jovens teriam publicado fotos do seu bilhete de reserva para o comício que eles já não pretendiam usar enquanto dançavam ao som da música “Macarena”.

A equipe de Trump, que tinha a expectativa de reunir uma multidão para rebater as pesquisas que mostram o presidente perdendo fôlego, culpou “manifestantes radicais” e a mídia que, segundo eles, dificultaram a entrada dos apoiadores.

Engajadas no movimento antirracismo Black Lives Matter, as fãs da banda de k-pop BTS chegaram a arrecadar mais de US$ 1 milhão (R$ 4,8 mi) para o movimento. A iniciativa aconteceu após a própria banda doar esse valor aos grupos de combate ao racismo, e acabou superando ele.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem