Música

Suel lança terceiro clipe solo e diz que deixou Imaginasamba para experimentar coisas novas

Cantor gravou parcerias com Luísa Sonza, Ferrugem e Mumuzinho

 
Cantor Suel, ex-vocalista do Imaginasamba
Cantor Suel, ex-vocalista do Imaginasamba - Divulgação/Washigton Possato
João Victor Marques
São Paulo

Em seu primeiro ano como cantor solo, Suel, 34, lançou nesta sexta-feira (20) seu terceiro clipe. A faixa “Amor de Amante” aparece ainda regada de samba e com musicalidade bem parecida com a do grupo Imaginasamba, do qual ele fez parte até o ano passado. Segundo ele, no entanto, é um trabalho fora da curva, sua proposta é mesmo diversificar e experimentar ritmos diferentes. 

“Meu álbum está bastante diversificado. Gravei com Mumuzinho e Ferrugem. São tipos de músicas que eu não gravava mais com o Imaginasamba e voltei a cantar no meu álbum solo. Tem também uma parceria minha com querida Luísa [Sonza] que eu nunca tinha feito. É uma baladinha, uma música mais pop que eu, de fato, não fazia com o grupo. Está sendo bem legal essa mudança”, disse à Folha.

A busca por essas novas experiências foi justamente o que motivou o músico a seguir voo solo e ele afirma estar feliz com o resultado alcançado já no primeiro trabalho, “Status”, lançado em agosto deste ano. “O mix musical que fizemos era exatamente o que eu queria: fazer novas coisas. Poder ter liberdade e fazer um trabalho mais aberto e conseguir explorar um pouco de cada gênero".

 

O clipe de “Amor de Amante” foi gravado no Rio de Janeiro, com direção de Mateus Rigola, e tenta mostrar os três lado de uma mesma história, segundo Suel. “Ele trata de um triângulo amoroso, onde tentamos entender um pouco da versão de cada lado da história. Ter a da pessoa que trai, da pessoa que é traída e da pessoa que está nesse meio todo, o amante”, conta. “Adorei o resultado”.

Após 16 anos no Imaginasamba, Suel não deixou apenas o grupo, está em um novo escritório e em uma nova gravadora. A relação com os antigos companheiro, no entanto, continua a mesma, segundo ele, apesar do distanciamento pela rotina.

“Hoje, a gente se afastou um pouco em função da mudança. Cada um está em um escritório diferente e a gente mal se fala hoje”, afirma o cantor, que diz ter ajudado muito seu substituto, Juninho, ex-vocalista do grupo Disfarce. “Fiz questão de apoiar o meu substituto, falava com ele direto pelo telefone, conselhos”.

Empolgado com as possibilidades do trabalho solo, Suel diz que agora quer mais, e já tem planos de lançar um DVD: “Não sei para quando, mas pode ser já meu próximo trabalho”, diz ele, animado. Apesar disso, ele mesmo já imagina a possibilidade de um quarto single pode furar a fila de planos: “Acho que ainda tem espaço pra isso depois de ‘Amor de Amante’”.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem