Estilo

'Sou negra, brasileira e nordestina', diz Lais Ribeiro sobre orgulho de usar sutiã símbolo da Victoria's Secret


A modelo Laís Ribeiro desfila com o sutiã de US$ 2 milhões (cerca de R$ 6,5 milhões) em 2017
A modelo Laís Ribeiro desfila com o sutiã de US$ 2 milhões (cerca de R$ 6,5 milhões) em 2017 - REUTERS/Aly Song

A piauiense Lais Ribeiro, 27, foi a angel mais aguardada do desfile da Victoria's Secret em Xangai (China), nesta segunda (20). Ela foi a escolhida para vestir o "fantasy bra", sutiã milionário feito com ouro e pedras preciosas e criado em 1996. 

Ribeiro é a quarta negra a vestir o sutiã. Antes dela, apenas três modelos haviam usado: Jasmine Tookes, Selina Ebanks e Tyra Banks. "Eu sou negra, brasileira e nordestina. É muito gratificante estar ali", diz a modelo.

Para ela, o momento representou uma quebra de barreiras ao mostrar que a moda acompanha as mudanças que ocorrem na sociedade, respeitando cada vez mais a diversidade. "Hoje existe espaço para negras, plus size, tatuadas e transgêneros."

Batizado de "Champagne Nights", o sutiã deste ano foi desenvolvido pela joalheria Mouawad e avaliado em US$ 2 milhões (cerca de R$ 6,5 milhões). A primeira angel a usar o "fantasy bra" foi Claudia Schiffer em anúncios publicitários da marca. Na época, ele foi avaliado em US$ 1 milhão.

DEDICAÇÃO

Mãe solteira, Laís Ribeiro afirma que sua vida mudou completamente após integrar a equipe de modelos da Victoria’s Secret, mas conta que busca "manter os pés no chão e levar a vida normalmente".

Ela diz não acreditar em receita milagrosa para o sucesso. "Como em qualquer profissão, você precisa acordar cedo, cumprir seu papel e se dedicar. Exercito-me diariamente e sigo uma dieta balanceada ao longo de todo o ano."

Nos dias que antecedem os desfiles, a angel conta que procura ficar próxima da família e dos amigos, sem fazer exercícios intensivos para emagrecimento rápido. "Mantenho as minhas medidas há algum tempo. Preciso estar pronta para os trabalhos que acontecem a qualquer momento. É algo que deve fazer parte da rotina."

Vinda de Miguel Alves, cidade com pouco mais 30 mil habitantes no Piauí, Laís Ribeiro conta que nunca imaginou desfilar para uma marca como a Victoria’s Secret. "Fui abraçando as oportunidades que surgiram, mas nunca imaginei o que estava por vir."

A modelo ainda dá um conselho para as aspirantes: "Enxergue isso como um trabalho e se dedique com seriedade, assim como em toda profissão."

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem