Estilo

Show da Victoria's Secret tem despedida da top Alessandra Ambrosio e sutiã de R$ 6,5 mi de Laís Ribeiro

A modelo brasileira Laís Ribeiro desfila com sutiã avaliado em cerca de R$ 6,5 milhões
A modelo brasileira Laís Ribeiro desfila com sutiã avaliado em cerca de R$ 6,5 milhões - Aly Song-20.nov.2017/Reuters


A famosa marca americana de lingerie​ Victoria's Secret realizou nesta segunda-feira (20) seu tradicional show de fim de ano na arena Mercedes-Benz em Xangai, na China. É a primeira vez que a empresa organiza seu desfile de fim de ano fora dos Estados Unidos e da Europa. A marca acaba de abrir suas primeiras lojas no país. 

O desfile deste ano foi marcado por polêmicas, como o cancelamento da participação da modelo americana Gigi Hadid, o visto negado pelo governo chinês a cantora Katy Perry e a  despedida da modelo brasileira Alessandra Ambrosio como angel. 

A modelo brasileira Laís Ribeiro foi um dos destaques do show ao usar o "Champagne Nights Fantasy Bra". A peça icônica é avaliada em US$ 2 milhões (cerca de R$ 6,5 milhões) e foi criada pela joalheria Mouawad. Em anos anteriores, o "fantasy bra" foi usado por tops como Gisele Bundchen, Adriana Lima e Alessandra Ambrosio, Karolina Kurkova e Miranda Kerr. 

O show começou com atraso devido à queda de sistema durante a entrada dos convidados. Durante o desfile, a modelo chinesa Ming Xi escorregou na passarela e foi ao chão. Porém, a edição deste ano ficará marcado pela presença de Laís Ribeiro com "fantasy bra" e pela despedida de Alessandra Ambrosio. 

A top model brasileira afirmou que este foi o último desfile dela com angel da Victoria's  Secret. A revelação foi feita durante entrevista a Kevin  Frazier do site "Entertainment Tonight". Alessandra Ambrosio, que tem 36 anos e há 17 anos desfila pela marca americana, disse que quer concentrar sua energia em ser mãe de seus dois filhos, Anja, 9 e Noah, 5.

A modelo também quer se dedicar a carreira de atriz. Este ano, Ambrosio participa do longa "Pai em Dose Dupla 2" ao lado do ator Mel Gibson. Ela interpreta Karen, personagem que fez no primeiro filme da franquia.  Ela também já havia uma participação em "Verdades Secretas" (Globo) em 2015. 

O Victoria's Secret Fashion Show teve a participação de 58 modelos, com shows de Harry Styles, ex-One Direction, e do cantor Miguel. O desfile será exibido no dia 28 de novembro para mais de 190 países.

BAIXAS NO DESFILE

Uma das cinco modelos mais bem pagas do mundo, segundo a revista "Forbes, Gigi Hadid cancelou sua participação no desfile anual. A modelo não deu nenhuma explicação sobre sua ausência. "Estou decepcionada de não poder ir à China este ano. Amo minha família Victoria's Secret e estarei pensando em todas as meninas", escreveu a modelo em sua no Twitter.

Em fevereiro passado, a irmã de Gigi Hadid publicou no Instagram um vídeo em que a modelo aparece com os olhos entrecerrados para imitar os olhos puxados enquanto mostrava um biscoito em forma de Buda. 

A modelo Gigi Hadid cancelou sua participação no Victoria's Secret Fashion Show em Xangai, na Chinha
A modelo Gigi Hadid cancelou sua participação no Victoria's Secret Fashion Show em Xangai, na Chinha - Vianney Le Caer-07.nov.2017/Invision/AP

As imagens geraram polêmica entre os internautas chineses, e o anúncio, em agosto, de que Hadid ia participar no desfile de Xangai provocou uma onda de acusações de racismo contra a modelo e protestos contra sua ida à China.

Um porta-voz da Victoria's Secret se negou a comentar o caso. A marca ainda não pode contar com três modelos russas e uma ucraniana, cujos vistos foram negados pela China, segundo veículos de comunicação. 

A cantora Katy Perry teve seu visto negado pela China. De acordo com a agência de notícias AFP, o governo chinês teria ficado chateado com o fato de a cantora ter mostrado a bandeira de Taiwan, rival diplomático do país, em um show. Nenhuma das partes envolvidas se manifestou sobre o real motivo. 

Com AFP

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem