Diversão

Sucesso nos anos 1970, Claudya diz que show em SP será uma forma de resgatar o passado

Cantora interpreta boleros e seu próprio repertório no Sesc Pompeia

Cantora Claudya posa com roupa preta e detalhes em branco diante de parede preta
Cantora Claudya faz show no Sesc Pompeia nesta quarta-feira (5) - Luan Cardoso/Divulgação

Descrição de chapéu Agora
Fernando Silva
São Paulo

Para a cantora Claudya, o baile que fará nesta quarta-feira (5), no Sesc Pompeia, na zona oeste de São Paulo, é como entrar em uma máquina do tempo. "Acho que é uma forma de resgatar o passado. Representa tempos mais poéticos, românticos."

Aos 70 anos, a artista mineira conta ter iniciado a carreira nesse tipo de atração. "Já cantei em baile de formatura de engenheiro, de advogado, de médico. Isso tudo lá em Juiz de Fora [MG], quando era crooner.”

No show, ela interpretará ritmos ligados à dança, como chá-chá-chá e bolero. Mas não se esquecerá de músicas que marcaram sua trajetória, de tempos em que a MPB dominava rádios e TVs. "Com Mais de 30" (1971) e "Deixa Eu Dizer" (1973) são certas.

Depois de ser utilizada como sample (montagens de melodias já gravadas) por Marcelo D2 em “Desabafo” (2008), “Deixa Eu Dizer” a fez chegar a um público maior. “Começou a tocar de um jeito que eu nunca pude imaginar. Toca na Europa, nos Estados Unidos”, diz.

Claudya

  • Quando Nesta quarta (5), das 16h30 às 18h30
  • Onde No Sesc Pompeia (r. Clélia, 93, Água Branca)
  • Preço Grátis
  • Classificação Livre
  • Tel. (11) 3871-7700
Agora
Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem