Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui para continuar.

Tony Goes

Despedida de Fátima Bernardes do Encontro emocionou, mas poderia ter sido mais grandiosa

Globo preferiu não exagerar no último programa com a apresentadora

Fátima Bernardes se despede do Encontro
Fátima Bernardes se despede do Encontro - Reprodução
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Aconteceu algo raro na TV brasileira nesta sexta (1º). Uma apresentadora se despediu do programa que ajudou a criar e comandou por 10 anos, por livre e espontânea vontade. Ela não foi forçada a se aposentar; não foi despachada à revelia pela cúpula da emissora para um produto menos importante; não sai "em busca de novas oportunidades", nem vai "passar mais tempo com a família".

Fátima Bernardes saiu por cima do Encontro, o programa que tinha, até esta sexta, seu nome no título. A partir da próxima segunda (4), Patrícia Poeta e Manoel Soares assumem o comando da atração, que muda de horário (das 10h45 para as 9h30) e passa a ser transmitida ao vivo de São Paulo.

A princípio, Fátima queria sair da Globo, como Tiago Leifert fez no ano passado. Prestes a completar 60 anos, com a vida financeira mais do que resolvida, um namorado que mora entre Brasília e Recife (o deputado federal Túlio Gadelha, da Rede) e um filho que estuda em Paris, ela pensou em abandonar sua rotina exaustiva e ter mais tempo para viajar ou simplesmente não fazer nada.

Mas a Globo não deixou. Fátima não dá só audiência, como também é um chamariz de anunciantes. Passa credibilidade, empatia, bom humor –tudo o que uma marca precisa em sua comunicação. Por isto, ela deve voltar já no segundo semestre, à frente da nova temporada do The Voice Brasil. Um trabalho bem mais leve do que o exigido por um programa diário com uma hora e meia de duração.

É bom lembrar que o Encontro surgiu de uma ideia da própria Fátima, que lutou por ela durante anos, até deixar a bancada do Jornal Nacional no final de 2011 e se dedicar exclusivamente ao novo projeto.

O programa estreou em junho de 2012, ainda meio engessado. Desapontou na audiência. Passou por diversas mudanças: a pegada mais jornalística do início se diluiu, abrindo espaço para números musicais e bate-papos com atores de novelas. O Ibope subiu, e também o faturamento.

Não deve ter sido fácil para Fátima se despedir do Encontro. Em seu último programa, a apresentadora se emocionou diversas vezes. Começou a chorar logo nos primeiros instantes, ao entrar no palco sob os aplausos de toda a equipe. Os espectadores também se comoveram.

Mas, de certo modo, essa despedida deixou a desejar. Em vários momentos, parecia uma edição corriqueira, com Fátima fazendo suas ações de merchandising. Os convidados eram apenas dois, os atores Tony Ramos e Alexandra Richter, e o cantor Ferrugem foi a única atração musical.

Mais interessante foram as interações de Fátima com integrantes antigos de sua equipe. Um clipe retrospectivo poderia ter sido mais longo –afinal, são 10 anos no ar.

No último bloco, a apresentadora recebeu seus substitutos, Manoel Soares e Patrícia Poeta, passando simbolicamente o bastão. Aí a emoção correu mais solta.

"Eu estive aqui nesse palco nos piores e nos melhores momentos da minha vida", lembrou Fátima. É verdade: seu divórcio de William Bonner e sua luta contra um câncer aconteceram nesta primeira década do Encontro, sem que ela jamais perdesse o rebolado.

No final, muita dança, aplausos, lágrimas e abraços. Foi bonito, mas faltou um toque de grandiosidade. Talvez tenha sido de propósito: afinal, o Encontro continua, e a própria Fátima não vai demorar a reaparecer na telinha. A Globo parece não ter querido fazer dessa despedida um "big deal".

Só lamento que, no The Voice Brasil, Fátima Bernardes não terá a oportunidade de exibir todos os seus talentos. Será ótimo revê-la, mas sua presença esfuziante nas manhãs da emissora vai deixar uma lacuna que não será preenchida rapidamente.

Tony Goes

Tony Goes tem 60 anos. Nasceu no Rio de Janeiro, mas vive em São Paulo desde pequeno. Já escreveu para várias séries de humor e programas de variedades, além de alguns longas-metragens. E atualiza diariamente o blog que leva seu nome: tonygoes.com.br

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem