Tony Goes

Luana Piovani na 'Playboy' vai ser bom para todo mundo

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

A nova “Playboy” conseguiu. Vai mesmo ter uma estrela na capa de seu número de estreia. Numa entrevista coletiva na tarde desta quinta (4), com a presença da atriz, foi anunciado oficialmente que Luana Piovani será a primeira “coelhinha” da nova fase da revista.
 
Confesso que por esta eu não esperava. Estava com a nítida sensação de que a reencarnação brasileira do título fundado por Hugh Hefner teria que se contentar com a mesma fauna de sósias de amigas de ex-BBBs que vitimou sua antecessora. Mas Luana é um nome de peso, apesar de sua nudez não ser exatamente inédita.
 
Ela nunca mostrou todo seu corpo para nenhuma publicação, mas fez ensaios sensuais para a “Trip” e a “GQ”. Também protagonizou algumas cenas bem desinibidas ao longo de sua carreira, como na minissérie “Labirinto” (Globo, 1998). E volta e meia revela momentos bem íntimos em seu perfil do Instagram, um dos mais agitados de toda a internet.
 
Aliás, foi pelo Instagram que Luana soltou um “teaser” do que estava por vir. Primeiro anunciou que vinha novidade por aí, depois posou com uma gargantilha onde se lê a palavra “sexy”, e por fim apareceu usando as indefectíveis orelhas de coelhinha. Nesse ponto, a nova “Playboy” deu muita sorte: poucas celebridades brasileiras são tão ativas on-line quanto a moça, que já está promovendo por conta própria o lançamento da revista.

O curioso é que, no final de 2014, circulou a notícia de que Luana seria a grande atração da edição do 40º aniversário da antiga “Playboy”, publicada pela editora Abril. Mas, pelo jeito, as negociações não foram adiante.
 
E agora, o que será que rolou? A editora PBB garante que não pagará mais cachês pelos ensaios, pois “a nudez não tem preço”. Também não está claro até onde vai esta nudez: será que vão abolir o nu frontal, como já fez a “Playboy” americana?
 
Luana foi cobrada nas redes sociais, e até que sua resposta foi surpreendentemente educada (para os padrões dela). Um internauta a interpelou: “Olha, se não tiver nudez total não vai valer a pena. Mude isso, porque se for só igual suas 'Trip' vai ser o maior mico da história”. E nossa querida @luapio não se fez de rogada: “Eu só faço edição de colecionador, papai. Pode esperar. Beijo no ombro”.
 
Mas, então, Luana vai se expor de graça? Qual seria sua motivação, já que ela é famosa há anos e está sempre em evidência?
 
Ela mesma dá as pistas, através das “hashtags” #quarentamodeloMusa e #maedetres. Luana quer mostrar ao mundo que continua com tudo em cima, apesar de estar com quase 40 anos e ter posto três filhos no mundo.
 
Vaidade? Sim, e daí? Toda mulher tem o direito de se sentir bonita e desejada. Essa parece ser uma daquelas situações onde todo mundo ganha: a revista, a modelo e, óbvio, o leitor. Difícil vai ser a “Playboy” ter esta mesma sorte nos números seguintes.

Tony Goes

Tony Goes tem 60 anos. Nasceu no Rio de Janeiro, mas vive em São Paulo desde pequeno. Já escreveu para várias séries de humor e programas de variedades, além de alguns longas-metragens. E atualiza diariamente o blog que leva seu nome: tonygoes.com.br

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias