Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui para continuar.

Zapping - Cristina Padiglione

Globo bate recorde com filme religioso que emocionou Bolsonaro

'O Milagre da Fé' teve a melhor performance do Tela Quente desde 2020

Em meio a crise, Bolsonaro vai ao cinema nesta manhã -  'Superação, o Milagre da Fé',
Cartaz de 'Superação, o Milagre da Fé' - Reprodução
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

De cunho cristão, nem católico nem evangélico, o filme "Superação: O Milagre da Fé" registrou recorde de audiência no Tela Quente. Na Grande São Paulo, região que concentra o maior número de consumidores do país, o enredo religioso, segmento normalmente perseguido pela Record, registrou média de 23 pontos de audiência. No horário, 46% das TVs estavam sintonizadas na Globo.

O saldo representa recorde de audiência desde 21 de dezembro de 2020 na sessão das noites de segunda, quando "Extraordinário" fez 24 pontos de média.

No Rio de Janeiro, o longa marcou 23 pontos de média 45% de participação no universo de TVs ligadas.

PROGRAMA DO PRESIDENTE

Baseado em uma história real, o enredo joga o adolescente John (Marcelo Ruiz), nascido na Guatemala e adotado por um casal de americanos, em uma rachadura de um lago congelado. Ele fica sem sinais vitais por mais de uma hora, chega a ser tratado como morto e volta à vida com o poder da oração de sua mãe, Joyce (Chrissy Metz, do seriado "This is Us".

O filme é o mesmo que fez Jair Bolsonaro cancelar toda a agenda presidencial da manhã de 26 de março de 2019 para ir ao cinema com a primeira-dama, Michelle, em um shopping em Brasília. Na ocasião, o presidente se emocionou e a plateia reuniu ainda um grupo de surdos e mudos, por iniciativa da ministra Damares Alves.

VALORIZAÇÃO EVANGÉLICA

Em maio passado, em apresentação para profissionais do mercado audiovisual no evento Rio2C, o diretor da TV Globo e Afiliadas, Amauri Soares, disse que os criadores interessados em produzir conteúdo para a emissora deveriam estar atentos a vários fatores sociais, inclusive religioso. Soares sublinhou que o Brasil deixa de ser um país de maioria católica este ano e que as projeções demográficas apontam para uma maioria evangélica em um prazo de dez anos.​

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem