Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui para continuar.

Zapping - Cristina Padiglione

'Pantanal': Bruacas das duas versões conversam sobre personagem

Em encontro inédito, Ângela Leal e Isabel Teixeira falam sobre a relevância do papel

Novela 'Pantanal'
Intérpretes da Maria Bruaca nas duas versões de 'Pantanal', as atrizes Angela Leal e Isabel Teixeira se encontram em podcast promovido pelo GShow - Divulgação GShow
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Marias Bruacas de ontem e de hoje, Ângela Leal e Isabel Teixeira se encontram para falar de uma das personagem mais relevantes de "Pantanal", a novela de Benedito Ruy Barbosa, agora adaptada por Bruno Luperi, neto do autor da trama original, exibida há 32 anos pela extinta Rede Manchete.

As duas estão no Encontro de Gerações, quadro do Gshow, site de entretenimento da Globo, em que atores do elenco original trocam figurinhas com seus equivalentes nos personagens da nova versão, pela Globo.

No encontro desta segunda-feira (20), Ângela Leal, que deu vida à personagem em 1990, e Isabel Teixeira, atualmente no papel, participam de uma conversa cheia de emoção e afeto. "Esse é o personagem mais emblemático da novela. É o que mais ensina, é o que mais provoca a sociedade", elogia Ângela.

Já Isabel, que conversou com Ângela por videochamada, enquanto estava no Mato Grosso do Sul gravando a novela, afirma que consegue sentir o impacto. "O público não está aqui, mas eu sinto a resposta coletiva. Hoje, eu estou no Pantanal isolada, a gente grava, mas pela rede social eu sinto essa resposta. Eu entendo o que está acontecendo".

Por falar em redes sociais, Maria Bruaca, grande hit dos capítulos da semana passada, ganhou no Twitter a alcunha de "MaryBru", reflexo do sucesso da personagem.

O Encontro de Gerações já reuniu outras duplas marcantes, como Renato Góes e Paulo Gorgulho e Bruna Linzmeyer e Ingra Liberato.

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem