Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui para continuar.

Zapping - Cristina Padiglione
Descrição de chapéu internet YouTube

Manhattan Connection volta ao ar repaginado, pelo canal My News

Com Lucas Mendes e Caio Blinder, nova versão estreia no dia 31, seis meses após sair da TV Cultura

Lucas Mendes, do Manhattan Connection
Lucas Mendes, do Manhattan Connection - Reprodução
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Fora do ar desde setembro, quando teve seu contrato encerrado com a TV Cultura, por falta de financiamento, o Manhattan Connection resiste. Exibido por 18 anos no canal GNT, depois por mais nove anos na GloboNews e quase um ano na TV Cultura, o programa volta ao ar para dar continuidade à sua trajetória, entrando agora na 29ª temporada.

No dia 31 de março, data que marcou a quebra do regime democrático no Brasil pela tomada do poder do país pelos militares, a mesa comandada por Lucas Mendes, com Caio Blinder diretamente de Nova York, será retomada em nova versão, agora pelo canal My News, de Mara Luquet e Antônio Tabet no YouTube.

Diogo Mainardi, que deixou o programa em maio, após fazer um xingamento no ar, participará da edição de estreia, mas não tem previsão de voltar àquela bancada. Apesar de Lucas Mendes ter trabalhado pelo retorno do jornalista, ele tem outros planos previstos na agenda de seu site, O Antagonista, agora hospedado pelo portal UOL.

Felipe Nunes, da empresa de pesquisas Quaest, que já vinha participando do programa na TV Cultura, seguirá como parte do elenco fixo, sempre comentando resultados de novos estudos sobre os mais diversos temas.

O posto do convidado de cada edição estará diretamente ligado à personalidade da semana, uma nova proposta da mesa. Sócia-fundadora do My News, Mara participará do Manhattan durante os dois primeiros meses. E Nizan Guanaes, publicitário que esteve em algumas edições do debate na TV Cultura, também estará na edição de estreia.

Para adaptar o programa ao meio digital, com os macetes e estratégias demandados pelo mundo de algorítmos, o Manhattan vem sedo repaginado pelas mãos de Gui Machado, um dos diretores do Porta dos Fundos, que é um dos canais mais bem-sucedidos do YouTube.

Em sua nova versão, o Manhattan Connection será realizado em um estúdio da Associated Press (AP) em Nova York, vizinho do estúdio do canal árabe Al Jazeera na cidade. As edições irão ao ar sempre às quintas-feiras, às 21h.

Olho na marca

Mara Luquet conta à coluna que quatro cotas de patrocínio foram colocadas à venda. Uma delas já foi fechada com a Genial Investimentos, antiga parceira do My News.

A jornalista também conversa com Lucas Mendes sobre oportunidades para valorizar o Manhattan Connection como marca capaz de abranger outras ações além do programa em si. Uma delas é a criação de um Summit anual, a partir de 2023, planejado para o início do calendário, entre janeiro e fevereiro, com um evento disposto a reunir pensadores e lideranças de áreas diversas e, em especial, dos campos empresarial e financeiro.

Outra proposta é ter o nome impresso em produtos do dia a dia, de canecas a garrafinhas d'água, como já vem fazendo o My News.

O canal também pensa na possibilidade de futuros lançamentos de livros relacionados ao programa, aproveitando a parceria com a Almedina, editora portuguesa.

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem