Zapping - Cristina Padiglione

Patrocinadores do BBB tiram proveito de gafes nas redes sociais

Downy e 99 repercutem as bolas fora de Naiara e Rodrigo durante merchandisings

Naiara Azevedo na prova do líder no BBB
Naiara erra nome de marca durante prova do líder do BBB - Reprodução/Globo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Campinas

​Não é novidade que as redes sociais são fortes aliadas da televisão e do marketing. De programas com interação digital ao vivo até propagandas com QR code, o uso de estratégias multimídia amplifica o alcance dos conteúdos e atinge um público maior a cada dia.

O Big Brother Brasil, outrora votado por meio de ligações telefônicas, tem se adaptado aos novos formatos constantemente, o que reflete nos famosos merchandisings que compõem o reality. Uma das estratégias das marcas patrocinadoras tem sido explorar ao máximo o que acontece no programa, repercutindo situações nas redes sociais, mesmo quando elas aparentemente lhes são desfavoráveis.

Esse foi o caso do amaciante Downy. Durante a prova do líder, realizada na quinta-feira (3), alguns produtos vendidos pela Americanas, patrocinadora do game, foram identificados por suas marcas. Ao se apresentar, Naiara Azevedo disse ter escolhido o "amaciante Dôni", cujo nome foi rapidamente corrigido por Tadeu Schmidt.

No Twitter, o perfil oficial da marca publicou um tuíte chamando a atenção da sister: "Errando nosso nome, Maiara?". O meme foi repercutido pelo público, e a equipe de comunicação da empresa decidiu alterar seu nome de perfil na rede para "Amaciante Dôni #DownyNoBBB".

De carona nos memes, a 99 também comentou o caso: "Ih amiga, já me chamaram de coisa pior, relaxa!", publicou o perfil da empresa de transporte por aplicativo que patrocinou o primeiro almoço do anjo. Na ocasião, Rodrigo, eliminado nesta semana, chamou a empresa pelo nome da principal concorrente, Uber. O jogador percebeu o erro e corrigiu em seguida.

A resposta da 99 rendeu um fio de longas piadas entre as marcas, com desabafos das patrocinadoras do reality e endosso de empresas atentas ao engajamento do público, como a Avon, a Fiat e a Prudence. "Isso porque o lema do #BBB22 é a gente não vai errar, não…", escreveu a Americanas sobre a música de Thiaguinho que os brothers cantam com frequência.

Os administradores de participantes que já cometeram gafes também entraram na brincadeira, assumindo seus erros. Foi o caso Eliezer, que chamou o apresentador Tadeu Schmidt de Tiago nos primeiros dias de programa.

A ação rendeu mais de 8.400 retuítes, 2.600 tuítes com comentário e 148 mil curtidas até a publicação desta matéria.

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem