Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui para continuar.

Zapping - Cristina Padiglione

Monica Iozzi celebra estreia do novo filme da Turma da Mônica: 'Devo meu nome a ela'

Atriz vive mãe da personagem de Mauricio de Sousa em 'Lições'

Monica Iozzi vive Dona Luísa, mãe da Mônica (Giulia Benite), em 'Turma da Mônica - Lições'
Monica Iozzi vive Dona Luísa, mãe da Mônica (Giulia Benite), em 'Turma da Mônica - Lições' - Serendipity Inc
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Campinas

Prestes a estrear em "Turma da Mônica - Lições" como a mãe da protagonista, Monica Iozzi, 40, conta os dias para a primeira exibição do filme, na quinta-feira (30). No longa-metragem dirigido por Daniel Rezende, Dona Luísa decide mudar Mônica (Giulia Benite) de colégio depois que ela e os amigos aprontam na escola.

Segundo a atriz, a empolgação pela estreia parte de dois sentimentos: o amor pelos personagens de Mauricio de Sousa e a expectativa por ver um trabalho realizado há dois anos chegar ao público. "O lançamento acabou sendo adiado por conta da pandemia, então existe uma ansiedade muito grande de todos nós da equipe, elenco e fãs", diz.

Monica Iozzi conta ainda que foi batizada em homenagem à Mônica dos quadrinhos, por quem é apaixonada. "Eu sou apaixonada por esse universo, me chamo Monica por causa da Mônica de Mauricio de Sousa. Eu devo meu nome a essa personagem."

"Eu estou muito feliz com a estreia, não só porque eu tenho muito carinho por essa personagem, a Dona Luísa, mãe da Mônica, mas porque a gente fez o filme há dois anos", reforça. "Esse segundo filme está muito bonito. Eles estão passando por um momento de transição na vida, 'Lições' fala dessa passagem do tempo, das fases da vida e como é isso para as crianças e para os pais."

A produção conta com novos personagens e participação especial de Malu Mader e Isabelle Drummond. Além Monica e Giulia, o elenco traz Luiz Pacini (Seu Sousa), Kevin Vechiatto (Cebolinha), Laura Rauseo (Magali), Gabriel Moreira (Cascão), Paulo Vilhena (Seu Cebola) e Fafá Rennó (Dona Cebola), que estavam no elenco de "Laços", primeiro filme da franquia.​

A produção é da Biônica Filmes, com coprodução da Mauricio de Sousa Produções, Paris Entretenimento, Paramount Pictures e Globo Filmes. ​

NOVOS PLANOS

Longe da TV há algum tempo, Iozzi está gravando uma nova série brasileira para a Amazon Prime Video, "Novela", desenvolvido pela ViacomCBS, com produção do Porta dos Fundos. Na nova comédia, ela é Isabel, roteirista que a vida toda buscou reconhecimento, mas quando estiver prestes a lançar sua primeira novela das nove, terá seus créditos furtados por um autor mais renovado.

Iozzi também estará em breve em outro filme, "Mar de Dentro", e em uma nova série sobre política no Canal Brasil.

"Quando o mercado de trabalho se expande, todo mundo sai ganhando. Quando a competitividade aumenta, há mais emprego, oferta, qualidade nos produtos que são sempre muito diversos. Meu amor é pela atuação. Então acho saudável e importante passear por todos esses meios. É aprendizado", diz.

Apesar das diferenças entre a produção de filmes, séries e programas, Iozzi destaca aquilo com que mais se identifica: "Os roteiros, de maneira geral, guardam as suas peculiaridades. Mas acho que a maior diferença está no ritmo de trabalho, que resulta do processo de produção e de filmagem".

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem