Zapping - Cristina Padiglione

Nova produção bíblica da Record ganha narrativa contemporânea

'Todas as Garotas em Mim' terá formato de série com 38 episódios

Débora (Bia Seidl) e Ariela (Leona Cavalli) em "Apocalipse", da Record
Débora (Bia Seidl) e Ariela (Leona Cavalli) em "Apocalipse", novela bíblica da Record que também trazia releitura contemporânea - Reprodução/Record TV
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

A Record dará início no dia 1º de novembro à série "Todas as Garotas em Mim", produção com previsão de 38 episódios divididos em três temporadas. De Sthephanie Ribeiro, uma das roteiristas de "Gênesis", e direção de Rudi Lagemann, a história mantém a tradição da emissora ao recorrer à Bíblia como referência.

Mas traz como novidade uma narrativa contemporânea simultânea às raízes religiosas.
A série vai se passar nos dois períodos, sendo que a parte bíblica é contada a partir da imaginação da protagonista, uma influenciadora digital de 17 anos que mora em Florianópolis (SC).

O mesmo elenco, que começa a ser escalado em novembro, viverá as duas fases, sempre a partir do ponto de vista da narradora. A primeira temporada se passa em Florianópolis, a segunda, em Gramado (RS), e a terceira, em um cruzeiro marítimo. As gravações começarão em março.

GANGORRA

O "Domingão com Huck" voltou a ficar no patamar de 15 pontos no domingo (24) em São Paulo, com 15,6 pontos de média. No horário, 25% das TVs ligadas sintonizaram a Globo na região, o que significa um público de mais de 8 milhões de pessoas.

Isso representa 1 milhão a mais que a média das três semanas anteriores, mas ainda fica abaixo do saldo que Faustão costumava alcançar, e até do que Tiago Leifert somou durante sua presença no horário.

Segundo dados levantados pela Globo, as fatias percentuais de público jovem (4 a 17 anos), adulto (35 a 49 anos) e classes AB e C aumentaram no bolo de Huck.

A BOA DO DIA

Nova temporada do The Voice Brasil começa sob o comando de Tiago Leifert
The Voice Brasil - Estreia: Globo, às 22h35

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem