Zapping - Cristina Padiglione

Carolina Dieckmann lembra que cena icônica de 'Laços de Família' não tinha texto escrito

Atriz conta que não se preparou para raspar os cabelos diante das câmeras

Carolina Dieckmann (Camila) - Roberto Steinberger/Globo

Ao falar a um grupo de jornalistas sobre “Laços de Família”, que chega ao Vale a Pena Ver de Novo no dia 7, Carolina Dieckmann contou que a cena em que raspam sua cabeça, em função da quimioterapia enfrentada pela personagem, não tinha texto. Icônica, a cena traz a atriz chorando copiosamente.

“O Ricardo [Waddington, diretor] me botou numa cadeira, filmando para o que seria uma campanha de doação de medula. Por isso, pegava o cabelo que ia caindo, é quando você se dá conta de que o corpo está perdendo. Aí, olhei no espelho, a gengiva machucada, os lábios ressecados”, disse a atriz.

PIADA

Anunciado para fim de julho, o novo programa matinal da Band, sob o comando de Mariana Godoy, continua empacado. A piada nos bastidores da emissora é que Luís Ernesto Lacombe, ex-apresentador do horário, poderá estrear na RedeTV! antes que a Band lance um sucessor para o ex-programa dele.

FALA, GAROTO

De volta às raízes, Serginho Groisman comparece ao Roda Viva nesta segunda-feira (31), pela TV Cultura, para falar sobre os 20 anos de Globo e 40 de TV. O Altas Horas nasceu na Cultura, como Matéria Prima, e deu frutos no SBT, como Programa Livre, até ganhar as noites de sábado na Globo.

O ADEUS A SACCOMANI

Produtor musical que compôs e orientou grandes talentos da música de todas as vertentes, Arnaldo Saccomani morreu na madrugada desta quinta-feira (27), aos 71 anos. Segundo Thais, uma de suas filhas, Saccomani morreu em sua casa em Indaiatuba (SP), à 0h24, em decorrência de insuficiência renal.

Em 2019, ele foi internado e diagnosticado com uremia, que é o excesso de ureia no sangue, quando os rins não filtram mais o suficiente. Ele deixa a mulher, Vera, e duas filhas, Thais e Julia.

Respeitado pela indústria fonográfica, Saccomani ganhou fama como jurado criterioso em reality shows como Ídolos, Astros e Qual é o Seu Talento, todos do SBT, onde se deu também seu trabalho mais recente, no júri do Programa do Ratinho.

De Mutantes a Tim Maia e Ronnie Von, passando por Sampa Crew e Larissa Manoela, o músico construiu uma obra relevante e colecionou admiradores. “Meu brother, ainda não consigo acreditar nesta notícia”, escreveu Ronnie em seu Instagram. “Obrigado por tudo, você fez parte da minha história e sempre fará parte do meu coração. Amo você, fique em paz!”

Mara Maravilha também agradeceu ao músico pela larga contribuição em sua carreira e compareceu ao velório. Adriana Ribeiro lembrou do êxito do disco “Adryana e a Rapaziada”.

Simony ressaltou: “Quantos presentes você me deu! Obrigada por esse último presente a música ‘Meu Porto Seguro’.” A atriz e cantora Larissa Manoela o reverenciou: “Saccomani acreditou em mim e entregou a música ‘Beijo Beijinho Beijão' para eu interpretar na trilha sonora de ‘Carrossel’”.

AUDIÊNCIA

20,8 pontos teve na quarta a reprise de “Novo Mundo”, que acaba nesta sexta

REVIVAL

Encenando o monólogo “Love” remotamente de sua casa nesta pandemia, Cyria Coentro (foto) terá, a partir desta segunda-feira (31), a chance de se reencontrar com Bibiana, cozinheira de mão-cheia que viveu em “Flor do Caribe”, que volta à Globo na vaga da novela das seis: “A Bibiana foi muito marcante na minha trajetória”.

Cyria Coentro, atriz
Cyria Coentro, atriz - João Miguelo Jr./Divulgação

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem