Zapping - Cristina Padiglione

TVs tentam, mas perdem controle sobre lives

Transmissões têm produzido performances que as emissoras nem sempre alcançam

Fábio Porchat faz live com a cantora Rita Lee  em "Que História é Essa, Vovó?"
Fábio Porchat faz live com a cantora Rita Lee em "Que História é Essa, Vovó?" - Reprodução

Entregues a conversas com transmissões ao vivo pela internet, as chamadas lives, atores e apresentadores de TV têm realizado performances e entrevistas que nem sempre conseguem fazer pela TV, ou por falta de espaço ou por falta de tempo.

Fábio Porchat, por exemplo, tem mantido uma agenda invejável de entrevistados, inclusive na seara da política, com horário marcado para as 19h, diariamente, pelo seu Instagram ou do GNT, no caso das conversas #QueHistóriaÉssa,Vovó?

Já os profissionais sob contrato com Globo e Record, em especial, devem prioridade às respectivas plataformas de cada uma dessas empresas na internet. No momento, no entanto, as emissoras não conseguem arcar com apoio técnico para cobrar algo de seus contratados.

OPORTUNA

Protagonista da série médica “Unidade Básica”, cuja 2ª temporada estreia neste domingo (3), às 23h, no canal Universal, Caco Ciocler volta à cena como médico de um hospital público de periferia, tema pertinente para o momento, dessa vez assinando também a direção de dois episódios

Série sobre saúde
Caco Ciocler na série "Unidade Básica", coprodução da Gullane e Newton Cannito para o canal Universal - Pedro Saad/Divulgação

DISPENSADOS PRESENTES

José Mayer é mais um nome dispensado pela Globo que volta a estar presente na tela do horário nobre pela reprise de “Fina Estampa”, onde seu personagem acaba de aparecer. É o mesmo caso do autor da novela, Aguinaldo Silva, dispensado em fevereiro, e do apresentador Sérgio Chapelin, de volta nas reprises do Globo Repórter.

DERIVADO

Rafael Portugal gravou vídeo em que aparece de lingerie, cheio de graça, em campanha para que o CAT BBB (Central de Atendimento ao Telespectador do BBBrasil) ganhe um derivado nas redes sociais. Sucesso na temporada deste ano, a ideia deve se repetir em 2021. A próxima rodada já tem inscrições abertas.

DIAGNÓSTICO

A queda nos índices de audiência da Globo à luz do dia, na Grande São Paulo, tem sido um termômetro para diagnosticar a queda de adesão à quarentena na região. Os números dos noticiários e programas da manhã e da tarde têm baixado patamares similares aos níveis anteriores à quarentena.

A BOA DO DIA

Pandemia e convivência maior aumentaram rixas entre vizinhos de condomínios | Fantástico: Globo, às 20h

AUDIÊNCIA

9,3 pontos teve o Bom Dia Brasil na quinta, retomando índice pré-quarentena

7,2 pontos teve o Combate ao Coronavírus na Globo na 5ª: faixa já teve o dobro

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 48, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem