Zapping - Cristina Padiglione

Audiência de estreia de 'Amor de Mãe' supera novela anterior

Enredo protagonizado por Regina Casé ultrapassou os 35 pontos de média em SP

Lurdes (Regina Casé) em "Amor de Mãe"
Lurdes (Regina Casé) em "Amor de Mãe" - João Cotta/TV Globo

Quanto maior a audiência da novela que termina, maior será o impulso para a novela que vem a seguir. No rastro do sucesso de “A Dona do Pedaço”, que saiu de cena com mais de 44 pontos na Grande São Paulo, “Amor de Mãe” teve um primeiro capítulo mais visto que o de Maria da Paz (Juliana Paes), que herdou baixa audiência (para os padrões da Globo) de “O Sétimo Guardião”. A trama protagonizada por Regina Casé, que levou todos os elogios no primeiro capítulo, marcou 35,4 pontos, ante 32,5 da estreia de sua antecessora. Com trilha sonora que resgatou antigos sucessos, de Fábio Jr. a Gonzaguinha, a história de Manuela Dias teve a melhor estreia da Globo no horário ao longo de seis anos, desde “Amor à Vida” (35,5 pontos). “Amor de Mãe” empata com “Velho Chico” (2016) no capítulo de estreia.

É O AMOR

No capítulo desta sexta-feira (29) em “Malhação: Toda Forma de Amar”, Marco Rodrigo (Julio Machado) vai surpreender Carla (Mariana Santos) com um piquenique. Ele cria o momento para entregar a aliança de casamento alegando que conseguiu ser liberado do trabalho nas ruas como policial.

YES, TEMOS COMÉDIA

 Gregório Duvivier, Antonio Tabet e Fábio Porchat beijam a estatueta do Emmy Internacional faturado pelo Porta dos Fundos na categoria de comédia, pelo especial de Natal exibido pela Netflix, “Se Beber, Não Ceie”. A cerimônia aconteceu na noite de segunda-feira (26) em Nova York. 

TEM MAIS

“Se Beber Não Ceie”, especial do Porta dos Fundos vencedor do Emmy, continua disponível na Netflix, que no próximo dia 3 já lança o segundo especial de Natal da trupe, “A Primeira Tentação de Cristo”. O episódio celebra os 30 anos de Jesus, que dessa vez será vivido por Gregório Duvivier.


ENQUANTO ISSO

Finalistas ao Emmy de atriz e ator, Marjorie Estiano (por “Sob Pressão”, da Globo) e Raphael Logam (pela série “Impuros", da FOX) não levaram os troféus. A Globo, aliás, como não ocorria há muito tempo, voltou para casa sem estatuetas. A série “Se Eu Fechar os Olhos Agora” também concorria.

AUDIÊNCIA


21 pontos
teve o Tela Quente (Globo) com “Mulher Maravilha” na 2ª feira

7 pontos
teve o Conexão Repórter sobre Gugu no SBT, 2ª feira

A BOA DO DIA
Seminal do reality show Canta Comigo, edição inédita gravada por Gugu, vai ao ar
Record, às 22h15

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 48, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem