Zapping - Cristina Padiglione

Record agendou para janeiro série sobre lendas urbanas

Em cinco episódios, produção foge da linguagem audiovisual normalmente encontrada na emissora, com pitadas de terror "palatável"

Duda Balestero (de frente para o espelho) e Renata Dutra em cena de "Lendas Urbanas", coprodução da Sentimental Filme com a Record
Duda Balestero (de frente para o espelho) e Renata Dutra em cena de "Lendas Urbanas", coprodução da Sentimental Filme com a Record - Divulgação

Descrição de chapéu Agora
Cristina Padiglione
São Paulo

Já disponível na Play Plus, plataforma de programas da Record pela internet, a série “Terrores Urbanos” finalmente desembarca na emissora aberta em janeiro. São cinco episódios inspirados em histórias das lendas urbanas, como A Loira do Banheiro, A Gangue dos Palhaços, Quadro do Menino que Chora, Boneco Amigão e Homem do Saco.
A série reúne grandes nomes da direção de séries, gente com experiência em produções internacionais, com coprodução da Sentimental Filmes. Com um elenco diferente a cada episódio, a lista de atores inclui Rafaela Mandelli, André Guerreiro, Matheus Fagundes, Cláudia Assunção, Fernando Eiras, Augusto Madeira, Helena Albergaria, Ana Kutner, Chris Couto, Natália Lage, André Bankoff, Magali Biff e João Signorelli.

 

MAIS FILHOS?

Sim, é o que Cláudia Raia diz a Matheus Mazzafera em entrevista ao "Vídeo Show" do dia: além de falar sobre o casamento com Jarbas Homem de Mello, programado para este sábado, em São Paulo, a atriz conta que quer ter mais filhos. Mãe de Sophia e de Enzo, de sua união com Edson Celulari, Cláudia quer mais herdeiros, biológicos ou adotados, não importa.​

CLÁUDIA RAIA E MATHEUS MASSAFERA NO Vídeo Show
CLÁUDIA RAIA E MATHEUS MASSAFERA NO Vídeo Show - Acervo pessoal

NÃO É BEM ASSIM

A mudança no dia de gravação do “Altas Horas”, de quinta para terça-feira, a partir de fevereiro, foi um pedido do próprio Serginho Groisman, e não do novo diretor de núcleo, Mariano Boni, como aqui se disse ontem. O apresentador quer prazo maior para editar o programa e um dia da semana menos atribulado na agenda dos músicos convidados para a atração.


REORGANIZAÇÃO

A mudança no “Altas Horas” mexerá diretamente com o expediente do “Conversa com Bial”, que gravava às terças-feiras, no mesmo estúdio, em São Paulo.

OS NORMAIS

Tatá Werneck e Eduardo Sterblitch, mais a diretora Patrícia Pedrosa e a autora Fernanda Young falarão sobre “Shippados”, nova série para a GloboPlay, pela primeira vez, na Comic Con Experience (CCXP), no sábado. Hoje, tem painel sobre “Malhação”, promovido pelo canal Viva, e “Ilha de Ferro”, pela GloboPlay, que amanhã apresenta “Aruanas”, nova série gravada no Amazonas.

 
Agora

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 48, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem