Colo de Mãe

Criar filhos em uma sociedade tão polarizada é cada vez mais difícil

Cozinhar com as crianças, brincar e fazer amigos é receita para tentar ser feliz

 
Cozinhar com os filhos faz bem - Fotolia
 

Começou em junho de 2013, passou pelas eleições de 2014, seguiu impeachment afora, desembocou nas eleições de 2018 e chegou aos dias atuais. Sim, temos uma sociedade polarizada e isso não vai mudar tão cedo. 

Desde a divisão entre quem queria passe livre e quem só queria trânsito livre, tudo vira motivo de picuinha, o que vai de política a cadeirinhas de carro.

 

Criar filhos já é difícil. Em um mundo dividido, fica ainda pior. Por isso, resolvi criar um pequeno manual de sobrevivência. A primeira dica é cozinhar. Façam doces, salgados e comidas naturais. Não importa o prato. Apenas sigam para a cozinha e se divirtam. Açúcar e afeto são bons.

A segunda é: brinquem. Brinquem na cama, no pula-pula, no parque, nas festas infantis, na sala, no banho, no quintal, no elevador e no carro. Aliás, façam de qualquer trajeto um momento de descontração. Afinal, o congestionamento é a nova mesa de jantar.

 

E, por fim, tenham amigos. Crianças e velhinhos. Cultivem amizades de estados, cidades e países diferentes, de gostos diferentes, de preferências sexuais diferentes. Tenham também amigos iguais: famílias de pais casados ou separados, mas que correm, vivem e só querem ser felizes em um mundo cada vez mais maluco.

Agora

Colo de Mãe

Cristiane Gercina, 40, é mãe de Luiza, 12, e Laura, 7. É apaixonada pelas filhas e por literatura. Graduada e pós-graduada pela Unesp, é editora-assistente de Grana do jornal Agora, empresa do Grupo Folha. Quer ver o desenho do seu filho publicado na coluna? Envie-o para o e-mail colodemae@grupofolha.com.br com nome completo e idade da criança, nome e celular do responsável.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias