Aventura na cozinha

Aprenda a preparar tilápia no papelote, técnica ancestral que cozinha alimento em próprio suco

Receita é prática, saudável e barata, perfeita para almoços de dia de semana

Filé de Tilapia com cenoura e alho poro Juliana Ventura/Folhapress

Olá, cozinheiros! Bem-vindos a mais uma aventura na cozinha!

A técnica de cozinhar um alimento envolto em uma espécie de embalagem, como folhas firmes, argila e sal grosso, é antiga e não por isso menos eficiente. O método segue sendo usado até hoje e funciona especialmente bem para peixes e legumes.

Os termos franceses “en papillote” (em papel) e “en crôute” (em crosta, de massa normalmente) estão em uma série de receitas clássicas e saborosas. Hoje, vamos explorar a primeira expressão. Cozinhar peixes em papel tem uma série de benefícios, entre eles, não sujar assadeiras –já que o envoltório não permite que os sucos do alimento saiam– e realizar a cocção de maneira mais suave e homogênea. Isso é particularmente interessante para filés de peixe delicados, como tilápia e linguado.

Quem nunca tentou colocar um deles na frigideira e acabou com um monte de lascas do peixe destruído espalhadas pela panela? Com os papelotes, isso não acontece. A técnica permite que os próprios sucos do alimento o cozinhem por vapor, e o líquido só é liberado quando o pacotinho é aberto.

Os melhores materiais para serem usados são papel manteiga e papel alumínio. O modo de fechamento varia. É possível fazer trouxinhas e envelopes de vários formatos. A única exigência é que o embrulho esteja bem fechado. Para isso, basta dobrar as extremidades do papel com cuidado. A fonte de calor também é democrática. É possível usar forno, fogão, grelha e brasa.

O peixe cozido em papelote também tem um componente lúdico. Ele pode ir à mesa ainda embrulhado, para que o comensal abra na hora e possa aproveitar também os aromas que saem do papelote. Como se não bastasse tudo isso, é um tipo de cozimento saudável e barato –principalmente se o peixe utilizado for de bom custo benefício.

Vamos para a cozinha? Se possível, continue em casa e até a próxima!


FILÉ DE TILÁPIA NO PAPELOTE

Dificuldade: Médio

Rendimento: 4 pessoas

Ingredientes
4 filés de tilápia
Suco de 1 limão
1 cenoura em tiras
2 dentes de alho
2 talos de alho-poró
​2 colheres (sopa) de azeite de oliva
Sal e pimenta-do-reino a gosto

MODO DE FAZER

  1. Tempere o peixe com o sal, a pimenta e o suco de limão. Não deixe marinar por mais de 15 minutos.

  2. Em uma folha de papel alumínio ou papel manteiga disponha os filés de peixe, as tiras de cenoura e o alho e o alho-poró cortados ao meio.

  3. Regue com o azeite.

  4. Feche o papelote e asse em forno médio por cerca de 20 minutos.

  5. Sirva com batatas cozidas.

(A)ventura na cozinha

Juliana Ventura, 36, é jornalista formada pela PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo), pós-graduada em gastronomia pela Universidade Anhembi Morumbi e professora de culinária para crianças.
email: aventuranacozinha@grupofolha.com.br
Instagram: @venturanacozinha

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem