Aventura na cozinha

Sobremesa de mousse de chocolate com morangos e farofa doce é receita prática de fazer em casa

De origem francesa, primeiras mousses fora servidas salgadas

Mousse de chocolate - Juliana Ventura/Folhapress

Olá, cozinheiros! Bem-vindos a mais uma aventura na cozinha! Doce leve, aerado, que derrete na boca e é encontrado em basicamente qualquer lugar, de restaurantes sofisticados a padarias da esquina. A mousse de chocolate é quase uma unanimidade. Difícil encontrar quem torça o nariz para essa sobremesa tão querida.

De origem francesa, a mousse é um preparado que, em geral, leva espuma de ovos para atingir a textura característica. Acredita-se que as primeiras receitas tenham sido de preparações salgadas no século 18, sendo que as doces só teriam aparecido quase cem anos depois. Popularizada no pós-Segunda Guerra Mundial, a mousse, que pode ser feita de chocolate (amargo, ao leite ou branco) ou de frutas, pode ser saboreada sozinha ou usada no recheio de tortas e bolos.

Não sou particularmente fã de doces muito açucarados, que ficam enjoativos e têm o sabor de seus ingredientes completamente mascarados pela doçura. Por isso, sempre que faço mousse de chocolate, opto pelo tipo meio amargo.

Nesta receita, usei um com 40% de cacau. Quanto maior a porcentagem de cacau do chocolate usado, menos doce ficará a mousse. É bom ter isso em mente.

Já vi algumas receitas diferentes desse doce, sendo as mais comuns as que levam apenas chocolate e ovos (como a que ensino aqui) e as que usam uma base de ganache (chocolate derretido misturado a creme de leite) para depois incorporar as claras em neve. Gosto de ambos os resultados, mas a da coluna de hoje me agrada mais, pois não há o desperdício das gemas. Como os ovos usados aqui são crus, é de extrema importância verificar muito bem sua procedência.

Para acompanhar a mousse, há uma farofa doce, simples de fazer e que confere crocância. Sugiro usar nozes, mas ela pode ser feita com basicamente qualquer castanha: amêndoa, castanha-de-caju, castanha-do-Pará etc. Ela rende bem e pode ser usada depois também como cobertura de sorvete. Vamos para a cozinha? Até a próxima!

RECEITA

Dificuldade: média
Rendimento: 8 porções

Ingredientes

> Para a mousse
180 g de chocolate meio amargo
6 ovos
3 colheres (sopa) de açúcar
> Para a farofa
1 xícara (chá) de biscoito maisena triturado
1/2 xícara (chá) de nozes picadas
50 g de manteiga gelada
1 colher (sopa) de sal
2 colheres (sopa) de açúcar cristal

> Montagem
Morangos para decorar

Modo de fazer
1. Separe as claras e as gemas;
2. Bata as claras em neve. Quando estiver esbranquiçada, mas não completamente firme, coloque o açúcar. Bata até ficar firme;
3. Derreta o chocolate em banho-maria ou no micro-ondas. Para isso, pare o aparelho a cada 15 segundos e mexa o chocolate para evitar que cozinhe;
4. Misture as gemas ao chocolate derretido;
5. Incorpore as claras à mistura de chocolate e gemas, delicadamente;
6. Disponha em potes individuais ou em uma travessa grande e refrigere por pelo menos 4 horas;
7. Para a farofa doce, em uma tigela, misture todos os ingredientes. Adicione a manteiga gelada em cubos e, com as mãos, faça uma farofa grossa;
8. Espalhe a mistura em uma assadeira e coloque em forno médio por cerca de 10 minutos, até que doure;
9. Sirva a mousse com a farofa e os morangos inteiros ou picados.
 

(A)ventura na cozinha

Juliana Ventura, 33, é jornalista formada pela PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo), pós-graduada em gastronomia pela Universidade Anhembi Morumbi e professora de culinária para crianças.
email: aventuranacozinha@grupofolha.com.br
Instagram: @venturanacozinha

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem