Cinema e Séries
Descrição de chapéu Cinema

Daniel Craig fará duas sequências de 'Entre Facas e Segredos'

Ator ficou conhecido por interpretar James Bond desde 2006

Daniel Craig na premiere de 'Entre Facas e Segredos', em Los Angeles, Califórnia - REUTERS/14-nov-2019
Jill Serjeant
Los Angeles
Reuters

Parece que Daniel Craig, 53, conseguiu outra franquia de filmes depois de se aposentar do papel de James Bond. Craig deve protagonizar duas sequências do filme de detetive de 2019 “Entre Facas e Segredos” que estrearão na Netflix graças a um acordo de vários milhões de dólares.

A Netflix comunicou nesta quinta-feira que comprou os direitos de duas continuações nas quais Craig e o diretor Rian Johnson se reencontrarão. As publicações Variety e Deadline Hollywood disseram que a Netflix pagou entre US$ 400 milhões e US$ 450 milhões (entre R$ 2,2 bilhões e R$ 2,5 bilhões) pelos direitos de duas sequências.

O que representa um dos maiores acordos de filmes por streaming da história. A Netflix não quis comentar os detalhes financeiros do acordo, mas disse que algumas reportagens são imprecisas.

“Entre Facas e Segredos”, um filme de investigação de assassinato no estilo de Agatha Christie, Craig interpreta o afável detetive particular Benoit Blanc ao lado de um elenco que inclui Jamie Lee Curtis, Chris Evans, Don Johnson, Ana de Armas e Christopher Plummer.

O filme teve um orçamento modesto de US$ 40 milhões (R$ 223 milhões) e arrecadou US$ 311 milhões (R$ 1,7 bilhão) em bilheterias de todo o mundo. A primeira aparição de Craig como James Bond foi no filme "007: Cassino Royale" de 2006. Desde então fez cinco atuações em filmes para a franquia.

Sua quinta e última atuação como o agente secreto britânico Bond em “007: Sem Tempo para Morrer”, programado para chegar às salas de cinema em outubro.

Confirmada como a nova 007 no 25º filme de James Bond, “Sem Tempo para Morrer”, a atriz Lashana Lynch, em entrevista à revista Harper’s Bazaar, diz que alcançar este posto é muito significativo para mudar as estruturas do cinema.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem