Cinema e Séries

Com Ellen Page, 'Umbrella Academy' recria quadrinhos de brasileiro e vocalista de My Chemical Romance

Série de super-heróis estreia nesta sexta-feira (15) na Netflix

super herois com roupa de escola
cena de The Umbrella Academy - Christos Kalohoridis/Netflix
Beatriz Vilanova
São Paulo

​Uma das produções originais da Netflix mais aguardadas deste ano, “The Umbrella Academy” chega ao serviço de streaming nesta sexta-feira (15). A nova série, que começou a ser produzida há um ano, mostra uma complicada família de super-heróis, que se une para desvendar a morte do pai adotivo, e enfrentar uma ameaça apocalíptica e outras aventuras.

No elenco estão Ellen Page (a atriz do filme "Juno", que interpreta Vanya), Tom Hopper (Luther), David Castañeda (Diego), Emmy Raver-Lampman (Allison), Robert Sheehan (Klaus) e Aidan Gallagher (The Boy/Number Five).

A nova produção é aguardada principalmente pelos fãs da banda My Chemical Romance, uma vez que a série é inspirada nos quadrinhos de Gerard Way, o vocalista do grupo. As histórias que ele criou ganharam vida através dos desenhos do brasileiro Gabriel Bá na HQ.

A história surpreende não tanto pelas aventuras e fatores fantásticos que inclui, mas pelo relacionamento entre os personagens, o quesito familiar, e a construção da personalidade de cada um dos irmãos, que é feita de forma com que o espectador possa se reconhecer um pouco com todos.

Na Comic Con Experience 2018, em São Paulo, o elenco afirmou que se trata mais de uma história sobre uma família disfuncional do que sobre pessoas com superpoderes. "Eles estão todos experimentando níveis diferentes de sofrimento, estão tentando lidar com isso e evitar fazer mal para si mesmos e destruir tudo", disse Way no evento.

Ellen Page, que interpreta a única irmã sem poderes, Vanya, ainda revelou que precisou aprender a tocar violino para a personagem na adaptação televisiva dos quadrinhos. "Fiquei chocada [em saber como é difícil aprender a tocar o instrumento]. Eu até arrisco tocar 'Brilha Brilha Estrelinha'."

No site de críticas americano Rotten Tomatoes, a série conseguiu um índice de aprovação de 76%, com classificação média de 7,38.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias