Cinema e Séries

Ansel Elgort, de 'A Culpa É das Estrelas', e Rachel Zegler farão remake de 'Amor, Sublime Amor'

Longa ainda sem data de estreia terá direção de Steven Spielberg

As atrizes Rita Moreno e Natalie Wood em cena de 'Amor, Sublime Amor'
As atrizes Rita Moreno e Natalie Wood em cena de 'Amor, Sublime Amor' - Reprodução
São Paulo

Uma estudante de 17 anos foi finalmente escolhida para interpretar Maria no remake de Steven Spielberg do musical "Amor, Sublime Amor" ("West Side Story").

Rachel Zegler, de Nova Jersey, foi escolhida entre 30 mil atrizes latinas que fizeram testes de vídeo para o papel vivido por Natalie Wood no clássico filme de 1961."Estou muito empolgada por poder interpretar o icônico papel de Maria ao lado desse elenco incrível", declarou Zegler ao Hollywood Reporter. 

"'West Side Story' foi o primeiro musical em que encontrei um personagem principal latino. Como colombiana-americana, sinto-me honrada pela oportunidade de desempenhar um papel que significa muito para a comunidade hispânica", acrescentou. 

Há três meses, foi anunciado que o ator Ansel Elgort ("A Culpa é das Estrelas") vai interpretar o protagonista Tony no remake do filme, cujo original ganhou dez prêmios Oscar em 1962. Spielberg também escalou a atriz da Broadway Ariana DeBose como Anita e David Alvarez como Bernardo.

O ator de de teatro Josh Andres Rivera foi escalado como Chino."Quando começamos este processo há um ano, anunciamos que iríamos representar os papéis de Maria, Anita, Bernardo, Chino e os Sharks com atores latinos", afirmou Spielberg à mídia norte-americana.

"Estou muito feliz por termos reunido um elenco que reflete a incrível profundidade de talento da multifacetada comunidade hispânica dos Estados Unidos", afirmou ainda."Eu admiro a força do talento desses jovens artistas, e acredito que eles trarão uma nova e eletrizante energia a esse musical magnífico, que é mais relevante do que nunca", acrescentou.

"West Side Story" é uma versão moderna de Romeu e Julieta e segue o romance entre dois adolescentes ligados a duas gangues da cidade de Nova York. O roteirista Tony Kushner disse que o novo filme vai se inspirar no musical original da Broadway de 1957, e não no filme, e que todas as músicas clássicas estarão incluídas.

 
AFP
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem